Em nota assinada nesta quarta-feira (5) pelo analista da Goldman Sachs, Zach Pandl, de pesquisa para clientes, ele afirmou que o bitcoin deverá competir com o ouro muito brevemente, com um objetivo já previamente definido: reserva de valor. Assim, é possível manter o valor do ativo por um bom período de tempo, sem ser afetado pelas oscilações do mercado, como no caso do ouro e outros metais preciosos.   

Capitalização de mercado  

Segundo o analista, a atual capitalização de mercado do bitcoin gira em torno de US$ 700 bilhões, contra US$ 2,6 trilhões do ouro existente como investimento. No entanto, a participação da criptomoeda nesse bolo de reserva de valor é de apenas 20%, ou seja, há muito espaço para um crescimento exponencial nos próximos anos. 

publicidade

Em uma lista de previsões para 2022, Zach fez uma análise em um cenário hipotético e apontou que a criptomoeda pode chegar a 50% do mercado. Caso essa previsão altamente otimista se consolide, o preço do bitcoin poderia superar os US$100 mil. 

Mineração de criptomoeda Bitcoin
Ao longo de 2021, preço do bitcoin teve várias oscilações; analista acredita que criptomoeda terá uma grande valorização em 2022, sendo até mesmo competitiva em relação ao ouro como reserva de valor. Imagem: rzoze19/Shutterstock

 “O Bitcoin pode ter aplicações além de simplesmente uma ‘reserva de valor’ – e os mercados de ativos digitais são muito maiores do que o bitcoin – mas achamos que comparar sua capitalização de mercado com o ouro pode ajudar a estabelecer parâmetros sobre resultados plausíveis para os retornos da criptomoeda”, escreveu o analista na nota. 

Leia mais:

Altos e baixos  

Ao longo de 2021, o valor do bitcoin vivenciou cenários comparados a uma verdadeira montanha-russa. A criptomoeda chegou a cair bruscamente em junho, sendo cotada a US$ 30 mil. 

Já em novembro, teve uma alta histórica, batendo os US$69 mil. Agora, tudo indica que os investimentos devem voltar com força ao longo de 2022. 

Via: Reuters

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!