A linha de smartphones Galaxy S22 ainda não foi apresentada pela Samsung, mas um varejista da Europa parece ter colocado o código destes celulares em seu banco de dados, com o processador Exynos 2200. A novidade parece ter pouca relevância quando você chega na parte do chip, mas ela deve ser capaz de remover um rumor recente que aponta todos os mercados recebendo o Snapdragon 8 Gen 1.

Os próximos smartphones topo de linha da Samsung seguem mais ou menos o mesmo repertório de boatos que sofreu o Galaxy S21 FE, listando praticamente todos os recursos, ferramentas, visual e ficha técnica do aparelho. Um dos rumores mais recentes e considerado polêmico, levantou a possibilidade de todos os Galaxy S22 chegarem aos mercados do planeta inteiro com apenas uma opção de chip, com o Snapdragon 8 Gen 1 – com a culpa na escassez mundial de chips.

publicidade

Leia também

Suposto Galaxy S22 com chip Exynos 2200 (Imagem: reprodução/Galaxy Club)
Suposto Galaxy S22 com chip Exynos 2200 (Imagem: reprodução/Galaxy Club)

Agora, um varejista da Itália parece ter listado os modelos SM-S901B, SM-S906B e SM-S908B. Eles, junto dos outros com a terminação em N, são apontados como possíveis variantes dos Galaxy S22 que trarão o Exynos 2200 como chip. Este processador é feito pela própria Samsung e já foi confirmado como o primeiro componente nascido da parceria entre a marca coreana, junto da AMD.

GPU AMD no Galaxy S22 pode fazer toda diferença

Este, de fato, deve ser o maior diferencial quando o usuário puder comparar o Snapdragon 8 Gen 1 com o Exynos 2200. A própria Samsung promete vantagens generosas para a parte da GPU feita pela AMD, com base na arquitetura RDNA 2.

Este tipo de arquitetura foi escolhida pela Microsoft e Sony para estar nos consoles Xbox Series X e no PlayStation 5, além das placas de vídeo mais recentes da linha Radeon para a própria AMD. Claro que o gráfico para smartphones está longe do que pode ser alcançado nestes video games, mas ainda assim a GPU dentro do SoC Exynos 2200 me deixa animado.

Via: PhoneArena.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!