Há um novo avião orbital privado em desenvolvimento nos EUA. Projetado pela Radian Aerospace, empresa com sede em Washington, o veículo pode representar um marco significativo na história de voos espaciais feitos por companhias privadas. 

Ilustração artística do avião espacial Radian One, projetado pela Radian Aerospace, em órbita. Imagem: Radian Aerospace

Nesta quarta-feira (19), a empresa anunciou a arrecadação de US$27,5 milhões em capital semente — um modelo de financiamento dirigido a projetos empresariais em estágio inicial, em fase de projeto e desenvolvimento, antes da instalação do negócio. 

publicidade

Segundo a Radian Aerospace, o dinheiro ajudará no desenvolvimento do Radian One, um avião que poderá ser usado em missões no espaço, bem como em voos na Terra. “Acreditamos que o acesso generalizado ao espaço significa oportunidades ilimitadas para a humanidade”, disse o CEO e cofundador da empresa, Richard Humphrey, em comunicado.

Empresa quer tornar mais simples os voos espaciais

“Com o tempo, pretendemos tornar as viagens espaciais quase tão simples e convenientes quanto as viagens de avião”, disse Humphrey. “Não estamos focados no turismo; somos dedicados a missões que tornam a vida melhor em nosso próprio planeta, como pesquisa, fabricação no espaço e observação terrestre, bem como novas missões críticas, como a rápida entrega global aqui na Terra”.

De acordo com o site Space.com, Radian One é um veículo ambicioso. Ele foi projetado para se lançar e pousar horizontalmente em uma pista, ao contrário dos antigos ônibus espaciais da Nasa, que, embora pousassem horizontalmente, decolavam em posição vertical, com a ajuda de foguetes. 

Leia mais:

O novo avião espacial será totalmente reutilizável e capaz de passar até cinco dias em órbita, de acordo com sua recém-revelada página de especificações. Um rápido intervalo entre as missões também faz parte do plano: a Radian pretende eventualmente reutilizar veículos 48 horas após retornarem do espaço.

Avião poderá transportar toneladas de carga para qualquer lugar da Terra em menos de uma hora

De acordo com a empresa, embora o Radian One tenha sido projetado especialmente para transportar pessoas e cargas de e para a órbita, ele também poderá fazer diversos trabalhos aqui na Terra, tendo em vista que será capaz de entregar até 2.270 kg em qualquer lugar do planeta em menos de uma hora.

A Radian não revelou muitos outros detalhes sobre o avião espacial — por exemplo, seu tamanho, quantos passageiros ele será capaz de transportar e quando se espera que ele comece a voar ainda são um mistério.

Representantes da empresa afirmaram no comunicado de imprensa que já assinaram contratos de serviços de lançamento com uma variedade de companhias privadas e agências governamentais, mas não revelaram nenhum desses clientes.

“As operações espaciais sob demanda são uma economia em crescimento, e acredito que a tecnologia da Radian pode fornecer as operações de alta cadência de tamanho certo que a oportunidade de mercado está mostrando”, disse Dylan Taylor, presidente e CEO da Voyager Space e um dos primeiros investidores da Radian.

“Estou confiante na equipe que trabalha na Radian e ansioso para aplaudi-los neste esforço histórico”, acrescentou Taylor, que recentemente fez uma visita ao espaço em um voo suborbital a bordo do veículo New Shepard, da Blue Origin.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!