Pro

Bitcoin cai mais de 11%, o pior resultado da criptomoeda nos últimos seis meses

21/01/22 12h48, atualizada em 21/01/22 12h57
Bitcoin

Imagem: AlekseyIvanov/Shutterstock

Depois de dar alguns sinais de recuperação, o Bitcoin encerrará mais uma semana em baixa. No momento da publicação, a criptomoeda caiu mais de 11%, ficando abaixo de US$ 39 mil e flutuando bem perto dos US$ 38,3 mil, segundo o CoinMarketCap. 

Vale destacar que a moeda digital, com valor de mercado de mais de US$ 726 bilhões, não registrava um resultado tão ruim desde o dia 2 de agosto de 2021.

Bitcoin deve encerrar a semana valendo menos de US$ 39 mil. Imagem: rzoze19/Shutterstock

Como de costume, a queda não afetou apenas o Bitcoin, influenciando também a cotação de outros ativos digitais como o Ethereum, que acumula uma queda diária ainda mais expressiva, acima dos 14% (US$ 2,77 mil). 

Vale destacar que, segundo o agregador de valores de criptomoedas, nenhum criptoativo no ranking das 20 com maior valor de mercado registrou  ganho semanal positivo. Além de encerrarem a semana no vermelho, a maioria viu perdas na casa dos dois dígitos. Com destaque para o Dogecoin, que também caiu mais de 22% nos últimos sete dias.

O cenário ruim fez com que a capitalização de todo o mercado de criptomoedas despencasse mais de 12%, caindo para menos de US$ 2 trilhões (US$ 1,79 trilhão). Bem abaixo do recorde de US$ 3 trilhões alcançado no ano passado.

Segundo os especialistas, parte da maré ruim pode ser atribuída aos mesmos fatores que também impactam no mercado de ações na bolsa neste início do ano, como a inflação nas alturas e o aumento das taxas de juros.

Via: Decrypt

Leia mais:

O que esperar do Bitcoin em 2022?

Vale destacar que o Bitcoin pode continuar sofrendo com baixas acentuadas nos próximos dias, podendo ficar abaixo de US$ 30 mil ao longo de 2022. Pelo menos essa é a visão de alguns analistas, que já comparam a criptomoeda e suas reviravoltas no mercado com o crash de 1929 (época em que a Bolsa de Nova York quebrou, levando vários investidores à falência). Veja mais sobre o que o ano corrente reserva para o Bitcoin.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags