A estreia do foguete Vulcan Centaur contará com uma “tripulação” mais do que especial: de acordo com anúncio da United Launch Alliance (ULA), que criou o propulsor, as cinzas do roteirista e produtor Gene Roddenberry, bem como da atriz Majel Barrett Roddenberry e do ator James “Scotty” Doohan, serão encapsuladas no foguete e enviadas ao espaço.

Gene Roddenberry, como muitos já sabem, é mundialmente conhecido como o criador da série Star Trek — a mesma que eternizou William Shatner no papel do Capitão James T. Kirk e Leonard Nimoy como o igualmente icônico “Sr. Spock”. Majel Roddenberry foi sua esposa e também viveu vários papéis na icônica franquia.

publicidade
Foto mostra Gene Roddenberry junto de elenco de série. Cinza do criador de Star Trek serão enviadas ao espaço para homenagem póstuma
Da esquerda para a direita, em pé: Leonard Nimoy, Gene Roddenberry,e DeForest Kelly, com Robert Wise sentado ao lado da câmera e, no canto direito, William Shatner (Imagem: IMDB/Acervo/Divulgação)

Dos três “tripulantes”, é importante ressaltar que James Doohan já está no espaço: o eterno “engenheiro-chefe Montgomery Scott” teve parte de suas cinzas “contrabandeadas” para a Estação Espacial Internacional (ISS) antes de 2010, supostamente escondidas sob o piso do módulo de pesquisa Columbus, onde estariam até hoje.

O lançamento dos restos mortais das três figuras da série original será conduzido pela ULA por meio de uma parceria com a empresa Celestis, especializada em lançamentos fúnebres ao espaço. O próprio nome do foguete é uma referência à saga iniciada em julho de 1982: “Vulcan” é o nome do planeta natal do Sr. Spock — e a missão foi nomeada “Enterprise”, o mesmo nome da nave onde se passa boa parte dos episódios.

Junto de Gene, Majel e James, também estarão na viagem outras 147 cápsulas de pessoas envolvidas na produção, bem como alguns de seus fãs.

“Estamos muito felizes de finalmente podermos cumprir, com esta missão, a promessa que eu fiz a Majel Barrett Roddenberry em 1997, de que um dia nós levaríamos a ela e ao seu marido para voar juntos em um voo memorial pelo espaço”, disse Charles Chafer, CEO e cofundador da Celestis, em um comunicado.

Leia também:

No site oficial da Celestis, a empresa publicou uma lista com todas as pessoas a estarem no voo de homenagem, que também conta com Phillip Chapman, ex-astronauta australiano a serviço da NASA, que faleceu em 2021, com 86 anos, sem nunca ter viajado ao espaço.

Mas nem só de restos fúnebres será composta a tripulação do foguete Vulcan: além das cinzas do criador e dos atores de Star Trek, também irá ao espaço o módulo de pouso lunar Peregrine, criado pela Astrobotics, que levará uma carga de cerca de 90 kg para a Lua.

A única informação que falta para a missão Enterprise é, infelizmente, a data: a ULA quer lançar o Vulcan ainda em 2022, mas o foguete usará um motor de propulsão do foguete BE-4, da Blue Origin — e a empresa já disse que só conseguirá fazer a entrega dele no segundo semestre.

Em outras palavras, entre receber o propulsor, fazer as adaptações necessárias, testar e aprovar a sua qualidade, esse lançamento de homenagem pode facilmente ficar para 2023.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!