Jim Farley, CEO da Ford, tomando a Tesla como exemplo, disse que sua montadora não vai esperar pela mudança de ano do modelo do Mustang Mach-E para iniciar ajustes de software e hardware. Ou seja, o crossover totalmente elétrico será ajustado conforme necessário.

Com isso, a Ford trabalha para mudar a maneira como projeta e fabrica seus veículos há muitos anos. Como objetivo, ao que tudo indica, a Ford tem o aumento de seus lucros. As informações são da Bloomberg.

Leia também:

Jim Farley compartilhou com analistas que a empresa não planeja esperar pelas mudanças tradicionais do ano do modelo enquanto trabalha para atualizar o Mach-E. Em vez disso, está fazendo alterações em tempo real, não apenas por meio de atualizações de software, mas também por meio de reengenharia de hardware.

publicidade

Em sintonia com a Tesla

Os resultados estão levando a uma produção mais barata do SUV elétrico no México. Em uma teleconferência do quarto trimestre de 2021 da montadora, Farley disse que essa experiência com o Mach-E será usada para a caminhonete elétrica F-150 Lightning.

Essa nova forma de atuação da Ford em “sintonia” com o modo Tesla de funcionar também difere de como a maioria das montadoras rivais trabalham. No entanto, a montadora de Elon Musk vem trabalhando dessa maneira há anos, sendo líder no campo das atualizações de software pelo ar (over-the-air, OTA) e também realizando alterações de hardware em tempo real.

Farley admitiu que a Ford aprendeu muito sobre a falta de integração em suas operações de engenharia. A Bloomberg observa que o CEO usou o Mustang Mach-E como exemplo, compartilhando que a Ford já havia reduzido as mangueiras do sistema de refrigeração do elétrico em um terço e reduzido o número de motores pela metade.

Sobre a relação da Ford com a Tesla (ou pelo menos entre seus respectivos CEOs), em novembro do ano passado, Farley elogiou a montadora de Elon Musk, dizendo que ninguém faz carros elétricos melhores. Já em dezembro, o CEO da Ford chegou a dizer abertamente no Twitter que o CEO da Tesla cumpriu seu objetivo de servir como exemplo para a indústria automobilística – e Musk, por sua vez, agradeceu.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!