A capital da Ucrânia se tornou um dos principais palcos da invasão russa no país. A cidade vem recebendo destaque na imprensa durante a guerra, mas uma dúvida está repercutindo nas redes sociais devido às duas formas de escrever o nome da capital: Kiev ou Kyiv. Mas qual será a forma certa?

Primeiro é preciso entender a origem de cada nomenclatura. Em termos gerais, Kiev é o nome da cidade derivado do russo, no caso, Киев. Já Kyiv vem do ucraniano, idioma originário do país, cuja escrita fica Київ. A semelhança não é coincidência, ambos os idiomas são derivados de uma mesma língua:  o eslavo oriental.

Esse idioma era usado na região séculos atrás, nos países que hoje correspondem a Rússia, a Bielorrúsia e Ucrânia. Até os dias de hoje, apesar de usarem idiomas diferentes, os três países compartilham o mesmo alfabeto. Por conta disso, muitas palavras são semelhantes, como é o caso de Kiev ou Kyiv.

Kiev ou Kyiv?

Por ser a origem russa do nome do país, o nome Kiev vem recebendo um movimento contrário nas redes sociais mesmo antes da guerra. A #KyivNotKiev foi levantada pelo ministério das relações exteriores da Ucrânia em 2018, depois da intensificação dos conflitos entre os dois países em 2014. Desde então, há uma resistência para que Kyiv seja o nome adotado no mundo para se referir a capital.

publicidade

Leia também!

No Brasil, a grafia adotada comumente é Kiev. Isso ocorreu devido ao longo período em que a Ucrânia esteve na União Soviética o russo era o idioma dominante. Por conta disso, ao importar o nome da cidade, Kiev acabou sendo adotado em boa parte do mundo, inclusive no Brasil. Inclusive, sob essa influência, as buscas por Kiev dominam no Google Trends do Brasil.

Imagem: Reprodução

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!