Um pequeno asteroide atingiu a Terra na noite desta sexta feira (11). A rocha espacial foi descoberta ainda no espaço apenas duas horas antes do impacto. De toda forma, não há razões para maiores preocupações já que o asteroide caiu no mar e era pequeno demais para causar maiores danos.

Segundo informações divulgadas pelo astrônomo Cristóvão Jacques no Canal AstroNEOS, o alerta de impacto foi lançado pelo americano Bill Gray, o mesmo astrônomo que previu o impacto de um foguete na Lua no início deste mês.

publicidade

Assista à participação de Jacques no Olhar Digital News:

Um email enviado por Gray nesta sexta(11), solicitava observações urgentes do objeto, que segundo seus cálculos, deveria atingir a Terra alguns minutos depois, às 18:23 (horário de Brasília). O local de impacto calculado foi no Mar da Noruega, ao norte da Islândia.

publicidade
Local do impacto do asteroide de acordo com os cálculos de Bill Gray
Local do impacto do asteroide de acordo com os cálculos de Bill Gray. Créditos: Bill Gray

O asteroide foi descoberto por Krisztián Sárneczky a partir do Observatório de Piszkéstető na Húngria. Sárneczky foi o mesmo astrônomo que descobriu o primeiro cometa de 2022 em janeiro. Agora, ele também foi o descobridor
do primeiro asteroide observado no espaço antes de impactar a Terra neste ano.

A partir das observações de Sárneczky, Gray calculou que o objeto atingiria a Terra e enviou o alerta aos colegas astrônomos. Só que o asteroide já estava tão rápido que nas poucas imagens feitas antes do impacto, ele apareceu apenas como um rastro nas imagens.

publicidade

Leia mais:

De toda forma, os dados serviram para melhorar a precisão da órbita e para estimar que o asteroide tinha entre 3 e 4 metros de diâmetro. Era grande o suficiente para ser detectado ainda no espaço, mas pequeno para causar algum dano, caso atingisse uma área povoada.

publicidade

A partir dos dados coletados, o Minor Planet Center oficializou a descoberta do asteroide em sua circular MPEC
2022-E178
. O asteroide foi chamado de 2022 EB5 e os cálculos de sua órbita confirmaram o impacto com a Terra no Mar da Noruega.

E o asteroide de fato atingiu a Terra, e provavelmente bem próximo do local calculado por Gray. A confirmação do impacto veio através de um tweet do astrônomo Peter Brown. Segundo ele, o impacto do 2022 EB5 foi detectado pela rede internacional de sensores de infrassom, através das estações na Groelândia e na Noruega.

Brown informa também que a energia do impacto foi equivalente a 2 mil toneladas de TNT, o que é compatível com o tamanho estimado para o 2022 EB5. O astrônomo amador Tony Dunn, publicou em sua conta no Twitter uma animação mostrando a trajetória final do asteroide e seu impacto com a Terra.

O 2022 EB5 foi apenas o quinto asteroide descoberto no espaço antes de atingir a Terra. Antes dele, já haviam sido detectados o 2008 TC3, que atingiu o Sudão, o 2014 AA, que atingiu o Oceano Atlântico, o 2018 LA, que atingiu Botswana e o 2019 MO, que caiu no Mar do Caribe. Nenhum desses asteroides foi detectado com mais de 24 horas de antecedência ao impacto, mas felizmente, nenhum era grande o suficiente para causar maiores danos.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!