O Departamento de Polícia de Los Angeles (LAPD, na sigla em inglês) está à procura de um homem que resolveu decolar com um Tesla Model S em um cruzamento de Los Angeles na noite do último domingo (20). A autoridade ofereceu uma recompensa de US$ 1 mil (em torno de R$ 4.950) por informações que ajudem a identificar o motorista do “Tesla voador”.

O incidente aconteceu à 0h10. De acordo com o LAPD, o motorista decidiu realizar uma acrobacia com o em “um cruzamento entre as ruas Baxter e Alvarado, onde colidiu com várias latas de lixo e dois veículos estacionados”. Após o término da cena, que foi gravada por diversos espectadores, o motorista fugiu e o carro foi abandonado no local.

publicidade

A polícia de Los Angeles abriu uma investigação, mas não há descrições do motorista. No vídeo da cena (veja abaixo a partir de 1min58s), os espectadores da acrobacia com o “Tesla voador” vão atrás do carro e chegam a verificar o que está dentro. No entanto, o vídeo corta bem no momento onde há a possibilidade de mostrar quem está ao volante.

Apesar do vídeo dizer que o carro é “novinho em folha”, a polícia identificou como um Tesla S-BLM 2018 alugado. É um carro com 5 ou 6 anos. Ainda assim, um prejuízo pesado.

Motorista do Tesla voador pode tomar seis meses de prisão

Nesta segunda-feira (21), o perfil do trânsito central do LAPD afirmou que já recebeu mais de 50 depoimentos sobre o suspeito de ter realizado a acrobacia. De acordo com o departamento, 90% das dicas recaem sobre o proprietário das contas @Dominykas no TikTok e @durtedom no Twitter. Ele já é considerado uma pessoa de interesse para a investigação — o termo “pessoa de interesse” é utilizado nos Estados Unidos para evocar alguém envolvido em um inquérito criminal que ainda não foi preso ou acusado formalmente de um delito.

Rumores nas redes sociais afirmam que o LAPD já entrou em contato com o suspeito. O youtuber Alex Choi, um dos responsáveis pela filmagem da cena, forneceu os detalhes do encontro que levou ao episódio. Segundo Choi, o locatário do carro teria dito a ele que “estava a 88 km/h e deu um pouco mais porque tinha um carro cheio de pessoas e um gato lá dentro.”

De qualquer forma, o motorista já foi autuado por hit-and-run (colisão ou atropelamento e fuga), e os detetives entrarão em contato com a locadora do Tesla voador para obter mais informações. De acordo com o código de veículos da Califórnia, um atropelamento por contravenção pode levar a seis meses de prisão do condado ou uma multa de US$ 1 mil.

Crédito da imagem principal: Reprodução/YouTube/Alex Choi

Leia também:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!