A partir desta quarta-feira, dia 11 de maio, os trabalhadores nascidos no mês de abril vão receber o saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). 

O recurso de até R$ 1 mil por pessoa começou a ser pago no dia 20 de abril e vai até 15 de junho. Liberado através da Caixa Econômica Federal (CEF), o benefício deve contemplar 42 milhões de trabalhadores.

publicidade

O calendário segue conforme o mês de nascimento do trabalhador:

Mês de nascimentoData de depósito
Janeiro20 de abril
Fevereiro30 de abril
Março4 de maio
Abril11 de maio
Março14 de maio
Junho18 de maio
Junho21 de maio
Agosto25 de maio
Setembro28 de maio
Outubro1º de junho
Novembro8 de junho
Dezembro15 de junho

Vale lembrar que a Caixa credita o valor automaticamente em poupanças digitais abertas em nome de cada trabalhador, ou seja, para ter acesso ao dinheiro basta utilizar o aplicativo Caixa Tem. 

Os valores são liberados sempre às quartas-feiras e aos sábados. Têm direito aqueles com saldo desbloqueado no Fundo de Garantia.

Leia mais:

Como consultar se tenho algum valor disponível?

Novo saque do FGTS começa nesta quarta, 11 de maio.
Pelo aplicativo do FGTS, é possível consultar e solicitar o saque. Imagem: Eliseu Geisler/Shutterstock

É possível consultar o valor e a data que poderá sacar o dinheiro de três formas: por meio do aplicativo oficial do FGTS, disponível para Android e iPhone, pelo site e também nas agências da Caixa Econômica Federal.

Para consultar o saldo usando o aplicativo FGTS, basta seguir os passos abaixo:

  1. Abra o aplicativo, toque em “Entrar no aplicativo” > “Continuar”;
  2. Informe seu CPF e toque em “Próximo”;
  3. Digite sua senha e vá em “Entrar”;
  4. Na tela inicial, aparecerão informações relativas às empresas que trabalhou;
  5. O saldo de valores depositados aparece no topo da tela, clique sobre ele para ver as movimentações.

Pelo app, também é possível se cadastrar para acompanhar o saldo da conta por SMS.

Precisa sacar o dinheiro?

O trabalhador não é obrigado a sacar o dinheiro. Se desejar, é possível solicitar até o dia 10 de novembro que o benefício retorne à conta do FGTS. O pedido pode ser feito pelo app do FGTS ou nas agências da Caixa.

Caso o dinheiro não seja sacado até o dia 15 de dezembro, o valor volta corrigido à conta de origem.

No caso de alguns trabalhadores, dados incompletos podem dificultar o saque. Então, é preciso solicitar a liberação do dinheiro, o que também é feito pelo aplicativo do FGTS.

  1. Abra o aplicativo do FGTS e faça o login.
  2. Clique no botão “Solicitar saque”, localizado na tela, na cor laranja.
  3. Em seguida, aperte “Confirmar”, para autorizar a abertura da conta poupança digital da Caixa em seu nome. É o único jeito para receber o dinheiro.
  4. Por fim, uma mensagem aparecerá na tela, dizendo que “a Caixa irá processar a solicitação e caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta”.

Por fim, vale destacar que o teto de R$ 1 mil considera a soma dos saldos disponíveis em todas as contas. Esse dinheiro pode ser movimentado pelo FGTS digital ou pelo aplicativo Caixa Tem. Também dá para pagar contas e transferir o valor via Pix. Segundo a Caixa, cerca de R$ 30 bilhões serão liberados.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!