Veículos e Tecnologia

Volkswagen pode ressuscitar marca Scout para produzir elétricos off-road nos EUA

11/05/22 15h29
Volkswagen Scout

Renderização de design do Volkswagen Scout (Reprodução/TechCrunch)

A Volkswagen pode aprovar nesta semana uma proposta para criar uma nova empresa de carros elétricos focada no off-road, a Scout, segundo informações do Wall Street Journal.

Os rumores em torno da volta da Scout, uma tradicional fabricante de utilitários e picapes dos EUA, surgiram no ano passado. À época, a Traton, divisão de caminhões da Volkswagen, adquiriu os direitos da marca americana à Navistar, sucessora da International Harvester, que fabricou os automóveis entre 1961 e 1980.

Com o nome histórico, o plano da Volkswagen planeja ganhar terreno no mercado americano, onde os SUVs são populares e seus modelos possuem desempenho discreto. Segundo o chefe da VW America, Johan de Nysschen, a ideia era ter algo semelhante aos modelos da Rivian, mas “a um preço de US$ 40 mil em vez de US$ 70 mil” — neste sentido, de fato, uma renderização de design vazada pela equipe de design da Volkswagen e veiculada pelo site Tech Crunch mostra uma semelhança do futuro carro com a Rivian R1T.

Isso daria à Volkswagen uma marca elétrica totalmente autônoma nos Estados Unidos com um portfólio de veículos robustos e portáteis, em princípio uma picape e uma dupla de SUVs.

Renderização de design do Volkswagen Scout (Reprodução/TechCrunch)

Meta é fabricar 250 mil unidades por ano

Segundo informações do Electrek, se o plano for aprovado nesta quarta-feira (11), a Scout deve produzir dois carros elétricos até 2026, com a ideia de fabricar até 250 mil veículos por ano. A marca seria inicialmente restrita aos Estados Unidos, colocando as linhas da Scout para concorrer com a F-150 Lightning, a GMC Hummer e a própria R1T.

Para organizar a nova estrutura da empresa, o investimento inicial seria de até de US$ 1 bilhão (em torno de R$ 5,1 bi), com a Scout tendo uma plataforma própria dedicada ao off-road em vez de compartilhar bases com outras marcas da Volkswagen. Atualmente, vale lembrar, a montadora alemã usa a MEB para fabricar os modelos da família ID.

A fábrica de Chattanooga, no Tennessee (EUA), onde são fabricados o Atlas (ou Teramont) e o ID.4, também não deve ser utilizada como centro de produção. Mais do que isso, a Volkswagen construiria uma nova fábrica somente para veículos Scout nos Estados Unidos.

Crédito da imagem principal: Reprodução/TechCrunch

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags