Ciência e Espaço

NOAA divulga primeiras imagens captadas pelo satélite GOES-18

Por Flavia Correia, editado por Acsa Gomes
12/05/22 16h53, atualizada em 16/05/22 15h09
O vídeo está sendo carregado - aguarde...

Nesta quarta-feira (11), a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) compartilhou as primeiras imagens da Terra captadas pelo Satélite Geoestacionário Ambiental Operacional-T (GOES-T). Lançado em 1º de março deste ano, ele recebeu a nomenclatura oficial de GOES-18 assim que foi implantado, ao atingir a marca de 35.785 km acima da superfície.

Depois de decolar no topo de um foguete Atlas V, da United Launch Alliance (ULA), a partir da Estação da Força Espacial dos EUA, em Cabo Canaveral, na Flórida, o satélite foi colocado primeiro em uma órbita geoestacionária de transferência. 

De lá, seguiu seu caminho até a órbita geoestacionária final, sobre a linha do equador, onde foi implantado com sucesso em uma posição estratégica para orbitar na mesma velocidade que a Terra gira, podendo manter assim uma vigilância constante sobre a mesma região.

Leia mais:

Isso é possível graças a seu instrumento Advanced Baseline Imager (ABI), que vê a Terra com 16 canais distintos, cada um medindo energia em diferentes comprimentos de onda ao longo do espectro eletromagnético para obter informações sobre sua área de vigilância do nosso planeta.

Segundo a NOAA, o satélite GOES-18 rastreará incêndios florestais destrutivos, raios, tempestades baseadas no Oceano Pacífico, neblina densa e outros perigos que ameaçam a costa oeste dos EUA, o Havaí e o Alasca. Ele também irá monitorar a atividade solar e o clima espacial para fornecer alertas antecipados de interrupções nas redes elétricas, comunicações e sistemas de navegação.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags