A BMW revelou seu novo crossover 100% elétrico iX1 2023 com competências como consumo entre 17,3 e 18,4 kWh a cada 100 km e potência combinada de 312 cv com 50,37 kgfm de torque. Tais características deixam o veículo em um nível próximo a rivais premium movidos a eletricidade, mesmo devendo ser o mais acessível da marca.

Sua revelação aconteceu junto à apresentação do novo modelo básico X1, que deve ser lançado ainda este ano pela BMW e que traz inéditas versões híbridas do tipo plug-in. Sob o emblema iX1 xDrive30, o elétrico SUV seguirá na sequência ao lançamento de seu irmão.

publicidade
iX1 em acabamento branco rodando na estrada
Imagem: Divulgação/BMW

Novidades no design da geração X1

Aliás, como informa a montadora alemã, a nova geração do X1 adota faróis com novo design, assim como faz a tradicional grade duplo rim e o para-choque. Os clientes podem escolher entre duas cores sólidas e dez metálicas para o acabamento da pintura externa. Um detalhe sobre o iX1 são os pequenos ajustes aerodinâmicos para aumentar sua eficiência (seu coeficiente de arrasto é de 0,26 Cd), e há os habituais acentos de cor azul da BMW para destacar o trem de força de emissões zero.

Três veículos da nova geração X1
Imagem: Divulgação/BMW

As rodas têm novo desenho e, pela primeira vez, podem ter até 20 polegadas conforme a versão. Por dentro, o carro passa a ser equipado com o BMW Live Cockpit Professional, sob um display curvo, composto por duas telas (uma com 12,3 polegadas e outra com 14,9 polegadas) rodando o Sistema Operacional 8.

Parte interna da cabine do iX1 elétrico
Imagem: Divulgação/BMW

Alcance de 437 km do elétrico iX1

Para o iX1 com tração nas quatro rodas, dois motores elétricos – um em cada eixo – levam o SUV a um disparo de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos, enquanto que sua velocidade máxima é de 180 km/h. A tecnologia BMW eDrive de quinta geração oferece ao crossover carregamento aprimorado (também encontrado no BMW i7) e uma bateria de alta tensão posicionada na parte inferior do veículo, com 64,7 kWh.

Sua alta densidade de energia é capaz de oferecer ao carro o alcance de 437 km. Para as taxas de carregamento, o especificado é de até 130 kW para uma recarga de 10% a 80% em 29 minutos – ou o suficiente para adicionar um pouco mais de 120 km de alcance em apenas 10 minutos. A bateria também pode ser pré-aquecida manualmente, permitindo que os usuários preparem seu carro e maximizem as taxas de carregamento possíveis em pontos públicos.

Parte traseira do SUV elétrico da BMW
Imagem: Divulgação/BMW

O carregamento AC de até 11 kW é padrão para um tempo de recarga completo de seis horas e meia, mas os proprietários também podem atualizar este sistema para uma unidade de bordo de 11 kW que reduz o tempo de recarga para 3h45. Em sua nota, a montadora lembra que os valores relativos à potência, desempenho, consumo de energia e autonomia do BMW iX1 xDrive30 são valores previstos com base no estágio atual de desenvolvimento do carro.

Na Europa, o SUV deverá custar a partir de 55 mil euros, fazendo a vez do atual i3 que está sendo aposentado. Carregando essa premissa de ser o mais acessível da marca, estamos falando de um valor convertido diretamente acima dos R$ 283 mil hoje (2). Há fortes expectativas de que o elétrico iX1 apareça em terras brasileiras em algum período após começarem suas entregas na Europa, programadas para o final de 2022 ou o começo do ano que vem.

Leia também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!