De acordo com um novo estudo baseado na atualização das orientações do Life’s Essential 8, da American Heart Association (AHA), 80% das pessoas nos EUA têm saúde cardiovascular de nível baixo a moderado. A porcentagem indica que a cada cinco americanos, apenas um está com a saúde do coração em dia. 

Publicado nesta quarta-feira (29) na revista Circulation e divulgado também pelo Medical Xpress, o levantamento mediu a saúde cardiovascular de mais de 23 mil pessoas. A medição, que considerou adultos e crianças, foi realizada com base em oito componentes essenciais para a saúde ideal do coração e do cérebro: dieta, atividade física, exposição à nicotina, duração do sono, índice de massa corporal, lipídios no sangue, glicemia e pressão arterial. 

publicidade
Coração. Imagem: Shutterstock
Apenas 1 a cada 5 pessoas tem saúde cardíaca ideal, revela estudo. imagem: shtterstock

O sistema de análise usou o esquema de pontuação para mensurar o índice. De forma simplificada, de 80 a 100 pontos a saúde era considerada “alta” (saúde ideal), de 50 a 79 moderada, e inferior a 50 “baixa” (ruim). 

Para os pesquisadores, os dados mostraram que a saúde do coração da população em geral está bem abaixo do que seria considerado ideal. Os homens foram os que mais apresentaram pontuação de média a baixa. Entre os componentes que mais colaboraram na baixa pontuação estão: dieta ruim, falta de exercícios e IMC acima do recomendado (o que pode estar ligado à dieta). 

Naturalmente, a pontuação de saúde cardiovascular em pessoas mais velhas foi mais baixa. Crianças também apresentaram um score ruim relacionados à alimentação. 

Leia mais! 

“Esses dados representam o primeiro olhar sobre a saúde cardiovascular da população dos EUA usando o novo algoritmo de pontuação do Life’s Essential 8 da AHA”, disse Donald M. Lloyd-Jones, líder do estudo e presidente da American Heart Association. 

“No geral, a saúde cardiovascular da população dos EUA está abaixo do ideal, e vemos diferenças importantes entre grupos etários e sociodemográficos referente à saúde ao longo da vida”, acrescentou. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!