Uma enorme fábrica de baterias para veículos pesados está sendo anunciada na Polônia pela Impact Clean Power Technology (ICPT), que pretende ser uma das maiores fabricantes do segmento na Europa. A empresa polonesa já detém cerca de 15% do mercado de baterias de ônibus elétricos no continente, de acordo com relatório 2021 do Green Car Congress.

Chamada GigafactoryX, a instalação deverá produzir inicialmente 2 GWh de baterias anualmente a partir de 2024 – a empresa produz 1 MWh diariamente hoje. Já em sua fase final, a fábrica deverá aumentar essa produção para 5 GWh por ano.

publicidade

Leia também:

Uma fábrica funcionando com energia limpa

De acordo com a ICPT, as novas linhas de produção serão altamente automatizadas e o próprio processo será alimentado por um sistema fotovoltaico, desenvolvido por meio de baterias recicladas (vindas do setor de transporte público). Em última análise, metade das matérias-primas utilizadas na produção também virá da reciclagem.

Os sistemas de bateria da ICPT são baseados em células de íons de lítio com química óxido de lítio-titânio (LTO), fosfato de ferro-lítio (LFP) e à base de níquel, manganês e cobalto (NMC). Seus produtos são utilizados principalmente no transporte público (como ônibus e outros veículos pesados), bem como no setor de armazenamento estacionário de energia, aplicações marítimas e robótica industrial.

Como clientes principais, a ICPT possui fabricantes locais e estrangeiros de veículos baseados em acionamentos elétricos. Dentre eles, além de montadoras de carros a bateria, empresas de trólebus e de iates. A Impact também planeja introduzir baterias baseadas em eletrólito sólido e entrar na produção de células de combustível.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!