Os caminhões autônomos são uma grande aposta para o futuro das operações de transporte. Porém, recentemente, um acidente envolvendo um caminhão autônomo da TuSimple colocou em dúvida a segurança desses veículos de grande porte que não precisam de um motorista humano.  

O acidente aconteceu em abril deste ano, mas só foi divulgado ao público em junho, após a empresa dona do caminhão entregar um relatório sobre o acidente. O veículo atravessou a rodovia a esquerda e só parou após acertar uma barricada de concreto.  

publicidade

Leia também!

Segundo o relatório da TuSimple, o incidente foi causado por erro humano, pois o motorista não havia reiniciado o sistema de direção autônoma antes de ativá-lo, o que fez com que ele executasse uma ação desatualizada.  

No entanto, especialistas independentes afirmam que, na verdade, o problema está no próprio sistema da TuSimple, pois é inadmissível que um sistema de direção possa ser ativado sem que ele esteja completamente seguro.  

Além disso, alguns ex-funcionários chegaram a apontar que a pressa da empresa em entregar os caminhões autônomos pode ser o culpado em não ter sistemas completamente seguros. Empresas concorrentes, chegam a afirmar que ainda não se sentem seguras em testar os caminhões autônomos nas ruas, pois acidentes com esses veículos podem ter grandes proporções.

A empresa se tornou alvo de investigação da Federal Motor Carrier Safety Administration, uma agência do Departamento de Transportes dos Estados Unidos que é responsável por regular caminhões e ônibus.  

Um porta-voz da TuSimple informou que este foi o único acidente em que um caminhão autônomo da empresa foi responsável e também relatou que o sistema também foi modificado, fazendo com que a plataforma de direção autônoma só possa ser acionada após estar completamente funcional e atualizada. 

Via: The Wall Street Journal

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!