O maior iate de madeira no mundo é de propriedade de Dominique Gerardin, que decidiu criar a embarcação de 214 pés (65 metros) com inspiração nos tradicionais barcos comerciais da Indonésia na década de 1920 e em escunas holandesas.  

Batizado como Lamima, o iate à vela de madeira foi construído a mão e levou cerca de três anos para ser concluído. A embarcação ostenta sete luxuosas cabines com banheiros privativos para abrigar até 14 viajantes. 

publicidade

Leia também!

Toda a popa do barco é dedicada a um spa balinês ao ar livre onde os passageiros podem receber massagens e até fazer aulas de ioga. O deck foi construído pensando também em trazer relaxamento, enquanto o lounge com almofadas de sol também pode ser usada para refeições ao ar livre.  

A embarcação ainda é equipada com caiaques, jet skis, canoas indonésias e até equipamento de mergulho para que os hóspedes possam se divertir e explorar as regiões próximas ao iate de madeira.  

Confira as fotos do iate:

A construção luxuosa navega suavemente a 8 nós (9 mph/14,8 km/h), com um alcance de 3.200 milhas náuticas (3.680 milhas/5.926 km). “Você se sente como se estivesse em um barco do comércio de especiarias há 200 anos”, disse Gerardin.  

Para aproveitar a luxuosa experiência no maior iate de madeira do mundo é necessário desembolsar cerca de US$ 154 mil – aproximadamente R$ 805 mil – por semana. 

Via: Auto Evolution

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!