A Oracle demitiu centenas de funcionários nesta semana, enquanto direciona o seu modelo de negócios para as áreas de serviços de TI para empresas médicas e negócios na nuvem. Segundo informações de fontes ouvidas pelo WSJ, os cortes foram feitos em sua maioria nas áreas de publicidade e de experiência de consumidores da Oracle.

Além disso, tudo indica que essas demissões podem ser apenas as primeiras de uma longa lista. Segundo o The Information, o plano da empresa é mandar embora milhares de empregados. A Oracle emprega hoje cerca de 143 mil profissionais.

publicidade

Recentemente, a Oracle teve aprovada sua aquisição de US$ 28,3 bilhões da empresa Cerner Corp., uma empresa de software especializada em soluções para hospitais e médicos, mas nem ela escapou. A Oracle também demitiu profissionais que faziam parte dos quadros da Cerner.

Com essas mudanças estruturais, a empresa fundada por Larry Ellison em 1977 busca se reinventar para recuperar seu espaço no mercado, e parar de correr atrás das rivais Amazon e da Microsoft.

Leia também:

Via The Wall Street Journal

Imagem: Dragos Asaftei / Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!