Nesta terça-feira (16), os militares dos EUA informaram que foi feito um teste com o Minuteman III, um tipo de míssil balístico intercontinental (ICBM) que faz parte do projeto LGM-30 Minuteman. A arma tem alcance de aproximadamente 10 mil km e sua velocidade chega a 7 km/s (equivalente a 24.100 km/h).

De acordo com a agência de notícias Reuters, a divulgação do teste foi atrasada para evitar tensões crescentes com Pequim durante a demonstração de força da China realizada perto de Taiwan no início do mês.

Em resposta à visita da presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, à nação insular, a China enviou dezenas de aviões e disparou mísseis reais no Estreito de Taiwan. Por considerar a ilha autogovernada como parte de seu território, o governo chinês nunca renunciou ao uso da força para mantê-la sob controle.

O teste norte-americano “mostrou a prontidão das forças nucleares e fornece confiança na letalidade e eficácia do poderio nuclear do país”, disse um comunicado do Comando de Ataque Global da Força Aérea dos EUA.

publicidade

Segundo o comunicado, cerca de 300 desses testes já foram conduzidos antes e não representaram resposta a nenhum evento global específico.

Leia mais:

Fabricado pela Boeing Co., o míssil Minuteman III, com capacidade nuclear, é fundamental para o armamento estratégico dos militares dos EUA. Junto com a Rússia, o país detém os maiores arsenais de ogivas nucleares após a Guerra Fria, que dividiu o mundo durante grande parte do século 20, colocando o Ocidente contra a União Soviética e seus aliados.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!