O filme “Batgirl”, que teve seu lançamento cancelado, recebeu exibições secretas na Warner Bros., que estão sendo descritas como “sessões fúnebres”.

As supostas sessões seriam exclusivas para algumas poucas pessoas, de acordo com o The Hollywood Reporter. O grupo de selecionados para assistir ao filme incluiria membros da equipe e do elenco que trabalharam em “Batgirl”.

Após a exibição, o filme será trancado nos servidores da Warner Bros., e ao que tudo indica, nunca será lançado para o público geral. De acordo com Borys Kit, repórter do THR, a exibição ocorreu nesta quarta-feira, 24 de agosto, mas não está claro quem estava presente.

“Batgirl” foi cancelado, juntamente à animação “Scoob! Holiday Haunt”, como consequência da fusão que criou a Warner Bros. Discovery. A companhia, agora comandada por David Zaslav, comunicou que a decisão de “engavetar” o filme foi decorrente de uma mudança estratégica da companhia em relação ao Universo DC e à plataforma de streaming HBO Max.

publicidade

Leia mais:

O filme foi dirigido pela dupla Adil El Arbi e Bilall Fallah, e teve no elenco nomes como Leslie Grace, que viveria a protagonista, JK Simmons, Jacob Scipio, Brendan Fraser, Ivory Aquino e até mesmo Michael Keaton, que iria reprisar seu papel como o Batman.

Recentemente, os diretores El Arbi e Fallah comentaram em entrevista ao Skript que eles não tem mais acesso às gravações do filme, e que fizeram uma tentativa para “salvar” o que já havia sido feito após a decisão de cancelar o longa, mas que os servidores da Warner Bros. já estavam bloqueados, e eles não tinham mais acesso a nada.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!