Começou nesta quinta-feira (25) a nova rodada de consulta e saques de valores relativos ao PIS/Pasep a partir do aplicativo oficial do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Caso você queira descobrir se tem acesso ao dinheiro liberado pelo Governo Federal, confira o artigo especial preparado pelo Olhar Digital abaixo para conferir como fazer isso diretamente do seu celular:

Quem tem direito a sacar o PIS/Pasep?

Tem direito a sacar quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada ou como servidor público entre os anos de 1971 e 1988 e que ainda não tenha sacado as cotas do PIS/PASEP. Caso o trabalhador seja falecido, cabe aos seus beneficiários legais fazer a solicitação.

Leia mais:

Como consultar e solicitar o saque do PIS/Pasep

Com o aplicativo do FGTS instalado e configurado no seu celular (saiba mais sobre ele aqui), é só acessá-lo e seguir os seguintes passos:

publicidade
  • Caso tenha direito ao benefício, uma mensagem Você possui saque disponível aparecerá na tela.
  • Toque nela e, em seguida, em Solicitar o saque do PIS/Pasep;
  • O app perguntará se você pretende fazer o saque presencial ou se ele vai ser creditado na sua conta corrente;
  • Selecione o que é melhor para você, revise os dados na tela e toque em Confirmar saque;
  • Se você decidir por crédito em conta-corrente, é só indicar qual conta será usada (pode ser de qualquer banco);
  • Caso decida pelo saque presencial, é só se dirigir a uma lotérica ou terminal de autoatendimento da Caixa com um cartão social (como o Cartal do Cidadão) para retirar o dinheiro.

Como solicitar o saque em caso de trabalhador falecido

O beneficiário deve acessar seu próprio app do FGTS e solicitar o saque na opção Meus saques e, depois, selecionar Outras Situações de Saque, seguido pela opção PIS/Pasep – Falecimento do trabalhador. O app indicará quais documentos devem ser necessários para finalizar a solicitação; com eles enviados, é só confirmar o pedido.

Em caso de dúvida, o trabalhador pode acessar o próprio app FGTS, ou ligar para o telefone 4004-0104, para capitais e regiões metropolitanas e para o 0800-104-0104 para demais regiões.

Imagem de destaque: Gabriel_Ramos/ Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!