A empresa Sierra Space, responsável pelo desenvolvimento da do avião espacial Dream Chaser, recentemente assinou um acordo com o Departamento de Defesa dos Estados Unidos para a entrega de cargas espaciais em viagens que durarão cerca de 3 horas.

O acordo inicial de desenvolvimento e pesquisa cooperativa “providencia possibilidades únicas de entregas precisas, eficientes e pontuais de tripulação e logística”, afirmaram funcionários de alto escalão da Sierra Space em um comunicado.

“Ambas as partes aproveitarão, de maneira colaborativa, o transporte espacial como um novo modo de entrega terrestre global e como alternativa e complemento aos tradicionais modos de entrega aéreos, navais e terrestres para cadeias de suprimentos globais”, acrescentou o comunicado.

A Sierra Space afirmou que o acordo permite que a empresa crie uma logística de entrega para ajudar a lidar com emergências e ameaças globais que exigem ação rápida, assim como para oferecer ajuda humanitária.

publicidade

Leia mais! 

Entregas espaciais

A espaçonave Dream Chaser já passou por diversos testes de voo visando a realização de futuros serviços para a NASA, dentre outras entidades. Um dos seus principais propósitos é abastecer a Estação Espacial Internacional (ISS) com cargas essenciais pressurizadas e não-pressurizadas. A espaçonave atingirá o espaço suborbital com o auxílio de um foguete Atlas V ou Ariane 5, posicionado verticalmente. Já no retorno, aterrissará em pistas convencionais.

As forças armadas norte-americanas vêm cogitando há pelo menos três anos começar a realizar entregas em alta velocidade pelo espaço. Outros acordos já foram assinados nos últimos meses visando o início dessas operações, dentre eles, um contrato com a SpaceX, empresa do multibilionário Elon Musk, no valor de 102 milhões de dólares, que incluirá serviços como entrega de carga militar e ajuda humanitária.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!