O produtor da franquia007“, Michael G. Wilson, revelou o motivo para ser improvável que um dia se veja um James Bond mais jovem nas telonas, e deu uma faixa de idade ideal para o personagem.

O produtor reafirmou em entrevista à revista Deadline que o processo de escolha do próximo James Bond ainda não começou. Além disso, Wilson explicou o motivo de uma faixa de idade de “trinta e poucos” é o ideal para o ator que vive o agente 007.

“Nós já tentamos procurar por pessoas jovens no passado. Mas ao tentar visualizar, isso não funciona”, disse Wilson. “Lembre, Bond já é um veterano. Ele tem alguma experiência. Ele é uma pessoa que passou pelas guerras, por assim dizer. Ele provavelmente esteve no [Serviço Aéreo Espacial] ou algo assim”.

Wilson continuou: “Ele não é um garoto do ensino médio que você pode trazer e começar. É por isso que funciona para um [homem de] trinta e poucos anos.”

publicidade

Com isto, existem algumas características principais para o próximo James Bond. Ano passado, a produtora da franquia ao lado de Wilson, Barbara Broccoli, afirmou que Bond pode ser de qualquer etnia, mas precisa ser um homem, descartando a possibilidade de uma mulher viver o personagem.

Broccoli também forneceu mais uma característica principal para o ator que assumirá a posição de Agente 007: comprometimento a longo prazo com a franquia. Ela revelou que o próximo Bond não poderá viver o personagem por apenas um filme, e que o comprometimento é de 10 a 12 anos.

Leia mais:

Tom Holland, ator britânico que vive o Homem-Aranha da Marvel, revelou que já apresentou uma ideia à Sony para o desenvolvimento de um James Bond jovem. No entanto isto acabou se transformando no filme “Uncharted”, estrelado por Holland.

“Eu tive uma reunião, depois ou durante ‘Homem-Aranha [Longe de Casa]’, com a Sony para apresentar essa ideia de um filme de Bond jovem que eu criei”, disse Holland à Total Film. “Era a história de origem de James Bond. Não fazia sentido. Não funcionou. Era o sonho de uma criança, e eu não acho que o espólio de Bond estivesse particularmente interessado.”

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!