Muitos podem não se atentar para a higiene e sinais referentes a boca, mas os cuidados com os dentes e gengivas interferem diretamente no quadro geral de saúde. Após a chamada saúde bucal já ter sido associada à perda dos dentes e à prevenção do câncer de intestino, uma nova pesquisa publicada pelo Jornal da Sociedade Americana de Geriatria apontou uma relação também com a demência e o declínio cognitivo. 

Com o Dia Mundial da Saúde Bucal se aproximando — dia 25 de outubro — e a publicação do recente estudo, divulgado em setembro deste ano, especialistas alertam para os cuidados e importância de ir ao dentista periodicamente. 

Segundo a cirurgiã dentista doutora em reabilitação oral, Talita Dantas, qualquer tipo de infecção ou contaminação presente na boca pode estar relacionada às doenças periodontais (tecidos de suporte, como gengivas e ossos), que podem também causar riscos à saúde do paciente como um todo, como doenças cardíacas e até diabetes

Mulher sendo atendida no dentista
Imagem: Dean Drobot/Shutterstock

“Quando negligenciadas, já temos comprovação de problemas cardíacos associados a infecções bucais, como a endocardite bacteriana, que ocorre quando as bactérias da boca entram na via sistêmica cardíaca e agrava a saúde do paciente. Agora, com os resultados desse estudo, vemos que os sinais bucais podem indicar também doenças cognitivas”, afirmou. 

publicidade

Qualquer infecção na boca que não possa ser controlada pode evoluir para uma infecção maior e generalizada, inclusive com risco de morte. Por isso, o acompanhamento com o dentista para limpeza e polimento dos dentes, junto à avaliação clínica das gengivas, é recomendado pela Associação Americana de Odontologia e aplicado em quase todos os países. Junto à boa escovação e uso regular do fio dental, essas são as medidas para prevenir o aparecimento de doenças periodontais. 

“Gengiva não sangra, dente não dói” 

A dentista ainda chama atenção para alguns sinais que não devem ser ignorados ou considerados naturais. “Dor, inchaço, sangramento e edemas não são coisas normais, então é preciso buscar atendimento e, claro, sempre escolher um profissional capacitado para perceber e avaliar todas as necessidades ou deficiências, sinais de infecções prévias antes de realizar o procedimento.” 

Leia mais!

Ante os sintomas, profissionais da área de odontologia podem pedir uma gama de exames, principalmente antes de realizar procedimentos cirúrgicos ou estéticos.  

“Exames de sangue, lipidograma, hemograma, exames que envolvem avaliação de tempo de sangramento são alguns dos mais comuns antes de realizar procedimentos cirúrgicos. Para os tratamentos estéticos, o profissional pode pedir exames para avaliar os níveis ou deficiência de vitaminas, especialmente relacionadas à manutenção de colágeno e antioxidantes”, explicou Dantas. 

Os exames realizados antes dos procedimentos cirúrgicos ajudam o dentista a investigar alterações importantes que possa comprometer a cirurgia, tempo de sangramento elevado, deficiências ou até a presença de infecção para diagnosticar alguma alteração sistêmica que comprometa a cirurgia. No caso de tratamentos estéticos, o objetivo é identificar deficiências para suplementação. 

Outros estudos

Esse não é, no entanto, o primeiro estudo que identifica uma ligação entre o quadro da saúde bucal e sinais de demência. Uma equipe de pesquisadores da Universidade Tufts, EUA, observou uma correlação entre a gengivite — também conhecida como periodontite e doença periodontal — e o risco de Alzheimer. 

A gengivite ocorre por uma bactéria que surge a partir dos restos de alimentos e outras bactérias que, sem a escovação dos dentes e o uso do fio dental, encontram o ambiente perfeito para se proliferarem e criarem placas.

O ponto é: o microorganismo pode afetar o fenótipo do Alzheimer e “penetrar no cérebro para colonizar e secretar moléculas patológicas para exacerbar os sintomas e sinais da doença”, conforme explicou o Dr. Jake Jinkun Chen, professor de periodontologia e principal autor da pesquisa. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!