Em breve você poderá utilizar um carregador MagSafe no Android, é mais ou menos o que quer o consórcio responsável pelo padrão de carregamento por indução Qi, que será chamado de Qi2 logo mais. O anúncio foi feito durante a CES deste ano e os primeiros acessórios compatíveis com a novidade podem chegar para os usuários no final de 2023.

Em muitos pontos a Apple não é amigável com o consumidor e peita decisões, como foi o caso do USB-C no iPhone, ou quando criou o Lightning só para ter uma conexão mais recente e não aderir ao padrão de mercado, que na época era o microUSB. Agora, a mesma empresa da maçã apareceu trabalhando em parceria com a Wireless Power Consortium (WPC), para criar a segunda geração dos carregadores por indução: o Qi2.

Leia mais:

Carregador MagSafe do iPhone (Imagem: divulgação/Apple)
Carregador MagSafe do iPhone (Imagem: divulgação/Apple)

De forma resumida, o anúncio mostra a Apple trabalhando em conjunto com outras empresas para unificar os carregadores sem fios e isso envolve até mesmo levar o MagSafe para estes produtos. Ele é o tipo de cabo utilizado pela Apple no iPhone, onde imãs resolvem o maior problema neste tipo de periférico: o alinhamento das bobinas para a recarga não parar.

publicidade

Carregador Qi2 será mais veloz

Com a chegada do Qi2, além de ter tecnologia da Apple, o consórcio espera deixar a tecnologia mais simples de entender, pois existem outras soluções no mercado que não se conversam – como o Apple Watch não receber carga de um carregador Qi, mas sim do cabo da Apple que também trabalha por indução.

Com a garantia do alinhamento das bobinas da forma correta, os carregadores Qi2 também poderão entregar mais energia para que o tempo de recarga diminua. O consórcio acredita em 15 watts de forma inicial, mas com soluções entregando mais elétrons em pouco tempo.

A previsão do WPC é de terminar o trabalho de padronização já no meio deste ano, com a demora justamente por conta do número de empresas parceiras no consórcio. Podemos listar algumas conhecidas como Samsung, Apple, LG, Google, Sony, Microsoft, Asus, Bose, Qualcomm e Xiaomi.

Os primeiros acessórios compatíveis com o Qi2 devem chegar ao mercado no final deste ano.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!