O CEO da OpenAI e criador do ChatGPT, Sam Altman, entende que o mundo pode receber, em breve, uma IA “potencialmente assustadora”. Por conta disso, ele crê haver uma necessidade de regulamentação das IAs.

Altman fez as declarações em tuítes em seu perfil oficial no Twitter. Ele comparou o momento atual de início das IAs entre civis com a época do mundo “pré-smartphone para o pós-smartphone”.

Leia mais:

Para o criador do ChatGPT, a sociedade precisa de tempo para se adaptar a algo tão grandioso quanto as inteligências que executam tarefas do dia a dia. Ele entende que isso é válido para pessoas e instituições.

publicidade

Apesar de parecer preocupante, a fala de Attman – defendida desde 2015, ou seja, quando o ChatGPT sequer era cogitado – tem mais a ver com regras para limitar o uso irregular dessas plataformas para práticas criminosas. Ele entende que isso breca bandidos e acelera o desenvolvimento da ferramenta para as pessoas de bem que a utilizam.

O pensamento de Altman é o mesmo de Mira Murati, diretor financeiro da OpenAI, e de seu cofundador, Elon Musk. “Acho que precisamos regular a segurança da IA, francamente. Acho que é realmente risco maior para a sociedade do que carros, aviões ou remédios”, disse Musk em conversa com a rede CNBC.

Com informações de CNBC

Imagem destacada: Ascannio/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!