A cidade chinesa de Changchun realizou o primeiro teste do país com um trem usando sistema de levitação elétrica supercondutora de alta temperatura. O evento ocorreu na última sexta-feira (31) e foi bem-sucedido.

De acordo com a CRRC Changchun Railway Vehicles, o teste verificou condições como incluindo ímãs supercondutores, tração síncrona linear, fonte de alimentação por indução e refrigeração de baixa temperatura. Os resultados se mostraram animadores para a implementação do transporte.

“O sistema é adequado para cenários de aplicação de dutos de alta velocidade, velocidade ultra-alta e baixo vácuo”, disse o vice-engenheiro-chefe e diretor do projeto, Yu Qingsong, ao Ministério da Ciência e Tecnologia da China. 

A supercondutividade acontece quando a resistência elétrica se aproxima de zero. Esse fenômeno é essencial para que os trens de levitação magnética viagem de forma rápida e eficiente.

publicidade

Novo trem pode ser o mais rápido do mundo

Ainda segundo o engenheiro, a velocidade do trem usando o sistema de levitação elétrica pode chegar a 600 km/h.  Isso é consideravelmente mais rápido que a levitação sobre trilhos tradicional. 

Leia mais:

O trem mais rápido do mundo, também chinês, Shanghai Maglev, pode chegar a incríveis 460 km/h, bem menos que o proposto pela nova tecnologia, que ainda não tem previsão de quando vai ser usada para o transporte em massa. 

Nos últimos tempos, a China vem investindo alto em tecnologia ferroviária de alta velocidade. O país tem mais de 40 mil quilômetros de trilhos de alta velocidade. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!