A família de Michael Schumacher, uma das maiores lenda do automobilismo, se prepara para entrar com uma ação legal contra o tabloide alemão “Die Aktuelle“.

O que aconteceu?

  • A publicação divulgou uma “entrevista” com o astro e não deixou claro para o público que o conteúdo foi gerado pelo chatbot de IA ‘Character.ai’.
  • Para despertar interesse, o conteúdo foi anunciado como a “a primeira entrevista” desde que a estrela da F1 sofreu uma grave lesão cerebral em dezembro de 2013.
  • A entrevista falsa simula como se “Schumacher” estivesse descrevendo seu longo e sigiloso processo de recuperação.
  • O Die Aktuelle chega a questionar se o próprio ex-piloto digitou as respostas de uma cama de hospital.
  • Só há menção rápida ao chatbot no final do artigo.
  • O tabloide foi alvo de críticas de outras publicações e jornalistas de automobilismo. 

Fiquei tão gravemente ferido que fiquei meses em uma espécie de coma artificial, senão meu corpo não teria aguentado tudo. Passei por momentos difíceis, mas a equipe do hospital conseguiu me trazer de volta para minha família

Trecho da entrevista divulgada pelo Die Aktuelle

Leia mais:

Schumachers vão à justiça

Um porta-voz dos Schumacher confirmou à Reuters a intenção de entrar com uma ação legal contra a publicação. Esta não é a primeira vez que a família atua contra o Die Aktuelle. Em 2014, a mesma revista havia publicado outra reportagem de capa sobre pessoas que acordaram do coma, apresentando uma foto de Michael com uma manchete enganosa.

publicidade

A estrela recordista da Fórmula 1 venceu 91 corridas e sete títulos mundiais antes de se aposentar em 2012. Schumacher não é visto em público desde dezembro de 2013, após sofrer um grave acidente de esqui. Sua família toma muito cuidado para proteger a privacidade do piloto, cuja condição médica segue envolta de segredos.

Com informações do Independent

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!