A Prefeitura de São Paulo informou que passará a aplicar a vacina bivalente contra a Covid-19 nos munícipes paulistanos com mais de 18 anos a partir deste sábado (6).

De acordo com o órgão, o município recebeu, na última terça-feira (2), mais de um milhão de doses da vacina, que estão sendo distribuídos entre as 470 UBSs da cidade.

publicidade

Leia mais:

A imunização com a bivalente da Pfizer se destina especialmente a quem:

publicidade
  • Completou o esquema básico de vacinação;
  • Recebeu uma ou duas doses de reforço.

Lembrando que deve haver intervalo de quatro meses entre uma dose e outra. Do contrário, o munícipe deverá aguardar complementar os quatro meses.

O que são vacinas bivalentes?

As bivalentes são imunizantes desenvolvidos para proteger as pessoas de mais de uma variante do vírus da Covid-19. As monovalentes, comumente utilizadas, só conseguem cobrir uma versão do vírus.

publicidade

Nova cepa

Na segunda-feira (1), a Prefeitura informou que a cidade teve o primeiro caso da nova cepa, a XBB.1.16, conhecida como arcturus.

Essa variante está sendo acompanhada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como variante de interesse, mas não houve gravidade ou aumento nos casos no município até o momento.

publicidade

Entre os sintomas da nova variante, estão:

  • Irritação nos olhos (similar à conjuntivite);
  • Tosse seca;
  • Febre.

Com informações de g1

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!