O YouTube está testando uma forma de evitar que usuários bloqueiem anúncios. Confira o que sabemos até agora:

  • A plataforma está apresentando uma mensagem que impossibilita aos usuário assistirem aos vídeos a não ser que desativem o bloqueador;
  • Um porta-voz do YouTube confirmou que a empresa está testando a medida que proíbe o uso de ferramentas que impedem a reprodução de publicidade;
  • A informação foi descoberta essa semana com a publicação de um usuário do Reddit. Ele divulgou uma mensagem avisando que bloqueadores de anúncios não são mais permitidos na plataforma.

Leia mais:

Parece que você pode estar usando um bloqueador de anúncios. Os anúncios permitem que o YouTube permaneça gratuito para bilhões de usuários em todo o mundo.

Mensagem exibida para alguns usuários.
YouTube impede bloqueadores de anúncios
(Imagem: Reprodução/ Reddit)

Além de orientar o usuário a desativar o bloqueador, o pop-up dá a opção ao usuário de assinar o YouTube Premium, que permite assistir aos vídeos livre de anúncios.

Um porta-voz da rede social confirmou que a equipe de moderação da empresa está realizando um experimento com um pequeno número de usuários em todo o mundo.

publicidade

Estamos realizando uma pequena experiência globalmente que incentiva os espectadores com bloqueadores de anúncios a permitir anúncios no YouTube ou experimentar o YouTube Premium.

A detecção de bloqueadores de anúncios não é nova e outros editores pedem regularmente aos espectadores para desativar os bloqueadores de anúncios.

Porta-voz do YouTube ao Bleeping Computer.

Como relata o The Register, a receita de publicidade do Google está em baixa. No quarto trimestre de 2022, o valor recebido caiu 3,6%, algo que provavelmente está influenciando a nova medida.

Conforme relatou a empresa no final de 2022, o YouTube Premium atingiu mais de 80 milhões de assinantes. O que representa um aumento de 30 milhões de usuários, comparado a 2021.

No Brasil, o serviço custa a partir de R$12,50 para estudantes, R$20,90 no plano individual e R$34,90 no plano familiar — que permite adicionar até 5 membros.

Com informações de Bleeping Computer.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!