A BYD (Build Your Dreams) é uma gigante dos carros elétricos que chegou com tudo no Brasil. Além das quatro rodas, a empresa chinesa também aposta suas fichas em outro segmento: motocicletas.

A novidade da vez é a scooter elétrica X1, criada em parceria com a startup Scorpio Electric. Como costume, o modelo é compacto, simples e faz parte de um nicho que está ganhando terreno rapidamente, especialmente na Ásia e Europa.

Leia mais:

Como é a scooter elétrica X1

A moto surgiu de um conceito criado em 2021 pela empresa de Cingapura. Agora, em 2023, os primeiros protótipos do modelo saíram do papel graças à parceria com a BYD Electronics, uma das subsidiárias da montadora.

publicidade
  • A scooter é alimentada por uma bateria de 72 V com 5 kWh de capacidade.
  • A autonomia estimada pela fabricante é de 200 km por carga.
  • O veículo recupera de 0 a 90% de energia em 3 horas em carregadores AC Tipo 2 de 1,5 quilowatts., diz a fabricante.
  • Seu motor elétrico rende 10 kW — cerca de 13 cavalos.
  • A velocidade máxima será limitada a 105 km/h, mais que suficiente para uma scooter urbana.
  • O modelo conta ainda com sistema de navegação, partida sem chave, alarme e capacidade de trava remota em caso de furto ou roubo.
Imagem: Divulgação

Como comparativo, o modelo terá potência semelhante a de motos a gasolina de até150 cc. Com a diferença do torque elétrico instantâneo a seu favor.

Preço

O preço final da X1 ainda não foi anunciado oficialmente. Segundo as últimas especulações, é esperado algo na casa dos US$ 9.800, quase R$ 47.600 na cotação atual. 

Lançamento

A Scorpio X1 será apresentada oficialmente em novembro no EICMA 2023, o Salão de Motos de Milão, na Itália. A versão final da scooter deve chegar ao mercado apenas no segundo semestre de 2024.

Imagem: Divulgação

Por ora, a BYD procura parceiros para viabilizar o lançamento da “motinha” elétrica no mercado europeu. Ainda não há nenhum indício se o veículo também virá oficialmente para o Brasil.

O primeiro teaser oficial da scooter foi divulgado em 2021.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!