Conforme noticiado pelo Olhar Digital, durante uma audiência no Congresso dos EUA, três testemunhas relataram suas experiências com os antes chamados objetos voadores não identificados (OVNIs) e agora designados como fenômenos anômalos não identificados (UAPs). Um dos depoentes acusa o governo americano de esconder naves alienígenas e material biológico não-humano recolhido nesses veículos.

David Grusch, ex-oficial de inteligência da Força Aérea dos EUA, que acusa os EUA de esconder naves e até corpos alienígenas. Crédito: Subcomitê de Segurança Nacional, Fronteira e Relações Exteriores da Câmara dos Representantes dos EUA

As informações são do veterano da Força Aérea e ex-funcionário da Agência Nacional de Inteligência Geoespacial dos EUA, David Grusch, e causaram um verdadeiro estardalhaço em todo o mundo, que ficou dividido entre os que acreditam e os que duvidam delas.

Leia mais:

Em um editorial para o site da emissora MSNBC, Seth Shostak, astrônomo sênior do Instituto SETI (sigla em inglês Busca por Inteligência Extraterrestre) diz que as alegações ousadas do denunciante “parecem ocas” e têm “zero evidências de corroboração”.

publicidade

Shatner diz que “não faz o menor sentido” alienígenas se manterem escondidos na Terra

Outro que não engoliu essa história foi o ator William Shatner, o eterno Capitão Kirk da saga Star Trek (que viajou para o espaço com a Blue Origin, em 2021). Para ele, a audiência foi “ridícula”.

O ator William Shatner admirado com a vista da Terra durante o voo turístico que fez ao espaço em 2021 com a Blue Origin. Imagem: Blue Origin

“Quer dizer, algum ser altamente inteligente viaja 10 mil anos-luz com tecnologia avançada, chega aqui e se esconde? Não faz o menor sentido” declarou Shatner ao site NewsNation. “Se eles fizeram essa jornada até aqui, imagina se ficariam brincando de esconde-esconde”.

Exposto pela primeira vez em junho, em uma reportagem do site The Debrief, o relato de Grusch é realmente impactante: segundo ele, o governo dos EUA mantém espaçonaves alienígenas – e até pilotos mortos dentro delas! – há décadas, como parte de um programa ultrassecreto de recuperação de OVNIs.

Para Shatner, se seres extraterrestres visitassem o nosso planeta, seria algo positivo, sem razão para se manter em segredo. “Quer dizer, o que poderíamos querer mais do que perceber que existem outras formas de vida no Universo que têm os mesmos anseios. O que é o Universo? O que vem depois da morte? Nossos questionamentos abundariam, e eles fariam as mesmas perguntas – mas não estão aqui”, disse o ator, que participou no ano passado, junto com uma equipe de militares e cientistas, de um documentário sobre o assunto, chamado “Tear in the Sky” (“Uma Lágrima no Céu”) – assista gratuitamente aqui.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!