Pelo visto a empolgação não durou muito para o Threads, a resposta da Meta ao Twitter (ou X). A nova rede social teve um grande lançamento no início de julho, muito impulsionado pela integração imediata de usuários do Instagram. No entanto, o boom inicial perdeu a força.

Leia mais:

O que aconteceu

  • A contagem de usuários explodiu nos primeiros dias, quando novos usuários estavam testando a plataforma, mas a popularidade despencou.
  • No Android, o número de usuários que ainda usam o aplicativo do Threads caiu para 10,3 milhões no dia 7 de agosto — muito abaixo do pico de quase 50 milhões registrado em 7 de julho. 
  • Nos EUA, o pico de uso do Threads foi de 2,3 milhões de usuários ativos em 7 de julho, em comparação com apenas 576 mil em 7 de agosto.
  • A quantidade média de tempo diário que os usuários gastam com o aplicativo também caiu.
  • Começou com 14 minutos globalmente, e quase 21 minutos nos EUA em 7 de julho — em 7 de agosto, a média caiu para cerca de 3 minutos por dia.

Como comparativo, os mais de 100 milhões de usuários ativos do X (antigo Twitter) só no Android passam cerca de 25 minutos por dia na rede social.

Os dados são de um levantamento recente feito pela empresa de análise Similarweb.

publicidade

Vale lembrar que o Threads foi o software que atingiu mais rápido a marca de 100 milhões de usuários. Resta saber se a rede social conseguirá retomar o ritmo de crescimento. O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, continua otimista

Segundo Zuckerberg, o foco agora é adicionar novos recursos e melhorar a retenção de usuários.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!