O YouTube anunciou uma medida para “educar” criadores de conteúdo conforme as Diretrizes de Comunidade da plataforma. Com isso, canais que contam com um aviso de violação das políticas poderão removê-lo ao assistir vídeos informativos.

Leia mais:

Avisos de violação de políticas impactam resultados dos canais

  • Desde 2019, o YouTube emite um aviso que alerta os criadores sobre a primeira violação de política;
  • Isso fez com que 80% dos criadores que recebem o aviso inicial não violem as diretrizes novamente, de acordo com a empresa;
  • No entanto, não são todos que seguem as políticas. Então, esses criadores são penalizados com um aviso de que o canal não respeita as diretrizes da plataforma de vídeo.
  • Com esse aviso, o canal pode ser prejudicado em relação à programação de postagens e parcerias, além de impactar os resultados financeiros do criador.

O anúncio de hoje (29) revelou como os criadores impactados podem reverter esse problema. Ao realizar um “curso de formação educacional”, os usuários poderão entender como evitar que seus conteúdos violem as políticas da plataforma. E, ao concluir esse minicurso, a mensagem de aviso do canal será removida, desde que ele continue respeitando as diretrizes dentro de 90 dias.

Caso os criadores não respeitem as políticas dentro desse prazo, terão seus vídeos removidos. Além disso, o aviso será restabelecido.

publicidade
Políticas YouTube
Exemplo de aviso do YouTube para violação de políticas. (Imagem: Divulgação/ YouTube)

Outra mudança destacada pelo YouTube é em relação a avisos individuais, que serão recebidos de acordo com a política específica violada, substituindo o aviso geral que simplesmente informava que o conteúdo violou as diretrizes de comunidade. Dessa forma, os canais saberão exatamente o motivo da notificação.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!