O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, revela neste momento as últimas novidades da empresa na conferência de lançamentos ‘Meta Connect’, considerado o maior evento do ano para a big tech.

São esperados mais detalhes sobre investimentos em inteligência artificial (IA), realidade aumentada e virtual, e também no metaverso, um mundo digital imersivo apresentado pela empresa como o futuro da computação. 

publicidade

Assista ao vivo:

https://www.facebook.com/Meta/videos/1032414851286647/

Leia mais:

publicidade

Expectativas

  • As apostas para o evento deste ano são altas.
  • Em 2022, os investidores criticaram a controladora do Facebook e do Instagram por gastar demais no metaverso, um dos fatores que levou Zuckerberg a demitir milhares de funcionários para continuar financiando o ambicioso projeto.
  • Outra novidade aguardada será a apresentação dos assistentes virtuais alimentados por IA e com personalidades distintas. Algo que a empresa planeja incorporar nos seus aplicativos no futuro.
  • O Wall Street Journal também não descarta o anúncio de novos chatbots de IA generativa (a mesma tecnologia por trás do ChatGPT).
  • A Meta também confirmou antes do evento que irá lançar versões móveis e web de sua principal plataforma social de realidade virtual, a Horizon Worlds.

Os desenvolvedores estarão atentos para os dispositivos de hardware mais recentes da Meta, como o novo headset de realidade virtual Quest que será lançado oficialmente nos próximos meses. Os investidores, entretanto, provavelmente estão ansiosos para saber mais sobre o metaverso, uma iniciativa que já fez a Meta perder mais de US$ 40 milhões desde 2021, segundo a Reuters.

Chatbots de IA e desafios

A proposta é que esses chatbots não apenas estimulem a interação dos usuários, mas também possam oferecer habilidades relacionadas à produtividade, como assistência em programação e outras tarefas. No entanto, adicionar personalidades a esses chatbots não é tarefa simples.

publicidade

Saiba mais acessando o artigo completo.