O filme “Blackberry” é mais um exemplar daquelas cinebiografias que retratam as histórias fascinantes ou os bastidores inacreditáveis de eventos, tecnologias ou pessoas que revolucionaram ou inovaram o cotidiano de todo o mundo.

“Blackberry” é uma comédia dramática que conta a história do famoso smartphone, um dos primeiros dispositivos móveis a combinar recursos de comunicação e funcionalidades de organização.

Na onda de “Blackberry”, resolvemos listar mais 7 filmes sobre tecnologia e inovação para você!

2001 – Uma Odisseia no Espaço

“2001 – Uma Odisseia no Espaço” (“2001: A Space Odyssey”, 1968) / Crédito: Metro-Goldwyn-Mayer (divulgação)

Disponível para assinantes do HBO Max.

publicidade

A obra prima de Stanley Kubrick se destaca não apenas por sua compreensão do desenvolvimento tecnológico e intelectual da humanidade desde seus primórdios até o contexto em que o filme foi lançado (década de 60, uma era simbólica dos avanços tecnológicos do século 20 e da corrida espacial), mas também por sua precisão ao prever o futuro. 

Num momento em que a exploração espacial estava apenas começando, “2001: Uma Odisseia no Espaço” antecipou muitos dos avanços tecnológicos que estavam por vir. Na obra estão presentes dispositivos semelhantes a tablets, estações espaciais, comunicação por vídeo e até mesmo inteligência artificial. Essa visão precisa do futuro tornou o filme uma fonte de inspiração para cientistas, engenheiros e visionários em busca de insights para inovações tecnológicas. 

No entanto, a obra também mergulha em aspectos sombrios e complexos da relação entre a humanidade e a tecnologia, oferecendo uma perspectiva ambígua e instigante sobre esses temas. 

Leia mais:

Piratas do Vale do Silício

“Piratas do Vale do Silício” (“Pirates of Silicon Valley”, 1999) / Crédito: TNT (divulgação)

O longa explora a história do surgimento e crescimento da indústria de tecnologia e inovação no Vale do Silício. 

O filme se baseia em eventos reais e narra a rivalidade entre Steve Jobs, co-fundador da Apple, e Bill Gates, co-fundador da Microsoft. 

O filme incorpora aspectos reais e traços de personalidade dessas personalidades para criar um drama que explora como a competição entre visionários pode influenciar o curso do futuro através do avanço tecnológico e da inovação.

A Rede Social

“A Rede Social” (“The Social Network”, 2010) / Crédito: Sony Pictures Releasing (divulgação)

Disponível para assinantes da Netflix e HBO Max.

Dirigido por David Fincher e escrito por Aaron Sorkin, “A Rede Social” conta a história da criação e ascensão do Facebook, plataforma de mídia social que teve impacto profundo na forma como as pessoas se comunicam, interagem e compartilham informações. 

A trama se concentra na figura de Mark Zuckerberg (Jesse Eisenberg), um especialista em informática frio e individualista que se tornou um ícone moderno do poder. 

O longa explora as intrigantes relações interpessoais e os impressionantes detalhes de bastidores envolvidos na criação da rede social. Os conflitos e disputas legais que surgiram ao longo da trajetória do Facebook englobam as dramáticas  acusações de roubo de ideias e traições entre amigos. 

Além disso, o filme tem sido mencionado como uma fonte de inspiração para empreendedores e startups, especialmente aquelas atuantes no campo das mídias sociais e da tecnologia.

Os Eleitos

“Os Eleitos” (“The Right Stuff”, 1983) / Crédito: Warner Bros. (divulgação)

Disponível para alugar e comprar no Amazon Prime Video, Google Play Filmes e TV e Apple TV.

“Os Eleitos” narra os eventos que levaram à formação do programa espacial norte-americano. Dirigido por Philip Kaufman, a obra é baseada em um livro de mesmo nome e foi aclamada pela crítica. O filme é uma crônica que relata com um bom senso de humor e muita aventura esse evento histórico.

Um dos focos da trama está nos primeiros astronautas do Projeto Mercury, que foram os pioneiros da exploração espacial tripulada dos Estados Unidos. O filme também destaca a história dos pilotos de teste, simbolizado em Chuck Yeager (Sam Shepard), considerado um dos maiores pilotos de todos os tempos e o primeiro que quebrou a barreira do som em um voo.

O longa mostra a inovação envolvida na corrida espacial, retratando a rápida evolução da tecnologia espacial e das aeronaves usadas nas missões espaciais.

O Jogo da Imitação

“O Jogo da Imitação” (“The Imitation Game”, 2014) / Crédito: The Weinstein Company (divulgação)

Disponível para assinantes da Netflix e HBO Max.

A cinebiografia conta a história do matemático e criptoanalista britânico Alan Turing (Benedict Cumberbatch) e sua equipe durante a Segunda Guerra Mundial. O filme aborda o trabalho deles para decifrar o código alemão Enigma, uma máquina de criptografia considerada indecifrável.

O filme mostra as realizações de Alan Turing, que posteriormente resultaram nos modernos computadores.

A.I. – Inteligência Artificial

“A.I. Artificial Intelligence” (“A.I. Artificial Intelligence”, 2001) / Crédito: Warner Bros. Pictures (divulgação)

Disponível para alugar no Amazon Prime Video. Disponível para alugar e comprar no Google Play Filmes e TV e Apple TV.

Uma das questões mais prementes nos dias de hoje diz respeito ao impacto das inteligências artificiais em nosso cotidiano. Um filme que conseguiu abordar essa temática de forma interessante é “A.I. – Inteligência Artificial”, dirigido por Steven Spielberg. Essa obra de ficção científica explora uma série de dilemas relacionados à inteligência artificial e à complexa interação entre seres humanos e máquinas.

Situado no século 22, o filme explora de maneira ética, moral e filosófica a criação de robôs com aparência, inteligência e comportamento humanos, bem como as implicações de desenvolver máquinas capazes de experienciar emoções e desejos. Isso tudo é explorado no comovente e melancólico drama do androide David, um robô com aparência e comportamento de criança que é programado para amar.

Videodrome – A Síndrome do Vídeo

“Videodrome – A Síndrome do Vídeo” (“Videodrome”, 1983) / Crédito: Universal Pictures (divulgação)

Disponível para alugar no Amazon Prime Video. Disponível para alugar e comprar no Google Play Filmes e TV e Apple TV.

Para fechar a lista, que tal um filme que aborda a questão das inovações tecnológicas e os avanços da mídia de uma forma não tão inspiradora e edificante? “Videodrome”, de David Cronenberg, aborda temas relacionados à tecnologia de uma maneira bastante distorcida e surreal.

A história segue Max Renn (James Woods), presidente de uma estação de televisão a cabo, que busca constantemente conteúdo chocante para atrair a audiência. Ao descobrir um programa pirata chamado “Videodrome”, que exibe cenas de tortura e violência extrema, sua obsessão o leva a pesquisar sua origem. Conforme a investigação avança, Max descobre que “Videodrome” é mais do que apenas um programa de televisão perturbador.

“Videodrome” é um terror/ficção científica que aprofunda o impacto da tecnologia na sociedade e na psicologia humana. Com ênfase em elementos de horror corporal, o filme oferece um comentário sobre a influência da mídia, a exploração dos desejos humanos e os efeitos adversos da exposição excessiva à tecnologia.