O Google apresentou nesta quarta-feira (4) os novos aparelhos da linha Pixel. As principais novidades do Pixel 8 e 8 Pro já foram antecipadas em vazamentos e estão nas telas, câmeras e software.

Google Pixel 8

  • O menor da turma possui nova tela Actua de 6,1 polegadas com taxa de atualização de até 120 Hz.
  • A resolução é de 1080 x 2400 pixels com pico de 2.000 nits de brilho.
  • A bateria sofreu um leve incremento, subindo de 4355 para 4485mAh
  • O Pixel 8 possui duas câmeras traseiras: uma grande angular de 50 megapixels com zoom de “qualidade ótica” 2x e outra ultra grande angular de 12 megapixels com foco automático. 
  • A câmera frontal para selfies é de 10,5 megapixels.
  • O chip de processamento é o novo Tensor G3 do Google.
O Pixel 8 ficou um pouco menor e mais estreito que seu antecessor. Imagem: Divulgação/Google

Leia mais:

Google Pixel 8 Pro

  • O 8 Pro vem com tela maior de 6,8 polegadas também com até 120 Hz.
  • A resolução do novo painel Super Actua é de 1344 x 2992 pixels, com pico de 2.400 nits de brilho.
  • A bateria recebeu um salto mais discreto de 5000 para 5050mAh.
  • Nas câmeras, o 8 Pro mantém o sensor de 50 megapixels e troca o segundo por uma lente ultrawide de 48 megapixels. Outra adição é a telefoto de 48 megapixels com zoom óptico de 5x. 
  • O sensor frontal é o mesmo do Pixel 8. A diferença é a presença do foco automático.
  • O processamento também fica por conta do chip Tensor G3 do Google.

No visual, os ajustes foram sutis. Os cantos do telefone ficaram mais arredondados e a barra de câmera no Pro abriga todas as três lentes no mesmo recorte, diferente do modelo anterior. 

O software de câmera também recebeu melhorias. O 8 Pro terá Night Sight para vídeos e o Video Boost, uma função que executa processamento na nuvem para aprimorar as cores das imagens. Imagem: Divulgação/Google

Segundo o Google, a nova tela fica legível mesmo sob luz direta do sol, uma boa notícia para quem costuma usar o celular muito ao ar livre. Apesar do brilho “turbinado”, a empresa diz que a dupla aguenta mais de 24 horas longe da tomada com uma carga completa.

publicidade

O novo modo Extreme Battery Saver vai além e promete entregar mais de 72 horas de autonomia desativando alguns recursos dos aparelhos.

Algo curioso é que tanto o 8 quanto o 8 Pro possuem um termômetro para verificar temperaturas usando o celular. A dupla também conta com o Audio Magic Eraser, que remove ruídos de fundo dos vídeos.

Pronto para a IA

Segundo o Google, o poder de aprendizado de máquina do Pixel 8 é 10 vezes maior quando comparado com o Pixel 6 — o primeiro a vir com chip próprio da empresa (Google Tensor). Isso aumenta drasticamente a capacidade do aparelho de lidar com recursos de IA.

Sete anos de atualizações do Android garantidas

Outra boa notícia é que ambos os dispositivos vêm com nada menos que sete anos de suporte garantido para lançamentos de recursos e atualizações de segurança do Android. 

Falando em segurança, o desbloqueio facial também foi aprimorado e agora pode ser usado em pagamentos e logins de aplicativos. O sensor de impressão digital também continua presente.

Preço e disponibilidade

Ambos os dispositivos estão em pré-venda e chegam oficialmente às prateleiras a partir da próxima quinta-feira (12).

O Pixel 8 e o Pixel 8 Pro custam a partir de US$ 699 e US$ 999, respectivamente — ambos ficaram US$ 100 mais caros que os modelos anteriores nos EUA.

Ainda não há notícia de lançamento no Brasil. Até aqui, a linha de smartphones Pixel nunca foi vendida oficialmente no varejo nacional.