Conforme noticiado pelo Olhar Digital, a missão Shenzhou-17 chegou à estação espacial da China na última quinta-feira (26). Os três tripulantes foram recebidos pelos membros da missão Shenzhou-16, que encerraram seus trabalhos e estão voltando para a Terra nesta segunda-feira (30) – com transmissão ao vivo pela internet.

Os taikonautas (designação para astronautas chineses) Jing Haipeng, Zhu Yangzhu e Gui Haichao foram lançados em 30 de maio ao laboratório orbital Tiangong, onde passaram cinco meses realizando uma ampla gama de experimentos científicos, entre outras atividades. Uma delas foi uma caminhada espacial para manutenção das câmeras a bordo da estação.

A cobertura do retorno da cápsula começa às 20h (pelo horário de Brasília), no canal oficial do site Space.com no YouTube, que vai retransmitir o sinal da emissora chinesa CCTV com exclusividade.

Leia mais:

publicidade

China pretende levar astronautas à Lua até 2030

Com 20% da massa total da Estação Espacial Internacional (ISS), Tiangong tem uma vida útil estimada em 10 anos, que poderá ser estendida por mais cinco anos com upgrades futuros, segundo a CNSA.

Ainda de acordo com a agência, a China planeja manter seu laboratório orbital constantemente ocupado durante esse período, não apenas por taikonautas, como também para astronautas de outras nacionalidades e até mesmo visitas turísticas.

Vale destacar que a China, segunda maior economia do mundo, tem investido pesado para superar a Rússia e os EUA na corrida espacial, tendo como um dos principais objetivos enviar humanos à Lua até 2030.