A disputa entre as tecnologias de redimensionamento de imagem DLSS (Deep Learning Super Sampling) da Nvidia e FSR (FidelityFX Super Resolution) da AMD tem se intensificado à medida que os jogadores de PC buscam maneiras de obter mais desempenho e qualidade gráfica em seus jogos favoritos. Recentemente, o canal especializado em tecnologia Hardware Unboxed realizou um comparativo abrangente entre essas duas tecnologias, e os resultados são esclarecedores.

Leia também:

A origem do confronto: DLSS vs FSR

A competição entre DLSS e FSR começou quando a Nvidia introduziu o DLSS em suas placas de vídeo da série RTX 2000 em 2019. Esta tecnologia inovadora trouxe consigo a promessa de aumentar o desempenho e melhorar a qualidade gráfica dos jogos por meio de aprendizado profundo.

Não demorou muito para que a AMD respondesse com o FidelityFX Super Resolution, que foi lançado em 2021, com suporte para as placas Radeon RX 6000. Ambas as tecnologias têm como objetivo renderizar jogos nativamente em resoluções mais altas, como 4K, e depois redimensioná-los para resoluções mais baixas, como Full HD ou Quad HD, com melhorias gráficas notáveis.

publicidade

O Confronto: DLSS vs. FSR no Campo de Batalha

Para determinar qual dessas tecnologias se destaca, o Hardware Unboxed realizou um teste abrangente com 26 jogos, avaliando o desempenho em duas configurações de qualidade distintas: “Qualidade” e “Performance”, nas resoluções Quad HD (2560×1440) e 4K (3840×2160). No entanto, o foco principal desse comparativo não é apenas quantos quadros por segundo são gerados, mas sim a qualidade da imagem proporcionada por essas tecnologias.

Para tornar os resultados mais acessíveis ao público, o canal adotou uma tabela de pontuações que destaca a superioridade do DLSS ou FSR em relação ao concorrente. Itens iguais ou mais próximos do “DLSS+++” são indicados em verde, enquanto o “FSR+++” é destacado em vermelho. Empates são representados pela cor branca. Os resultados foram claros: o DLSS superou o FSR em quase todos os jogos testados. Apenas cinco jogos resultaram em empate, e o FSR não conseguiu sequer figurar na tabela de pontuações.

tabela dlss
Imagem: Hardware Unboxed/Reprodução

Entendendo os Resultados

Embora o DLSS tenha dominado a competição, é importante notar que essa superioridade foi mais evidente nas resoluções Quad HD (1440p). Isso sugere que o DLSS é particularmente eficaz em resoluções mais baixas, oferecendo uma vantagem clara em termos de qualidade de imagem. No entanto, à medida que as resoluções se aproximam do 4K, a diferença entre DLSS e FSR se torna menos pronunciada, com a tabela de pontuações frequentemente indicando empates.

Imagem: Hardware Unboxed/Reprodução

DLSS e FSR: Semelhanças e Diferenças Fundamentais

Embora o DLSS e o FSR compartilhem a mesma finalidade de redimensionar a imagem em jogos, suas abordagens são notavelmente diferentes. Ambos renderizam jogos nativamente em resoluções mais altas, como o 4K, para, em seguida, redimensioná-los para resoluções menores, como Full HD ou Quad HD, usando uma variedade de filtros e técnicas de pós-processamento. O objetivo é aumentar o desempenho e melhorar a qualidade gráfica, especialmente em áreas com serrilhados.

A diferença fundamental reside nas técnicas empregadas. O DLSS se beneficia dos Núcleos Tensores presentes nas placas de vídeo da série RTX da Nvidia. Esses núcleos são capazes de realizar cálculos complexos, como a execução de inteligência artificial e aprendizado de máquina. Como resultado, o DLSS consegue fornecer resultados notavelmente melhores em termos de qualidade de imagem e desempenho, especialmente em resoluções mais baixas.

Por outro lado, o FSR da AMD não depende de estruturas físicas específicas dentro da GPU. Em vez disso, ele utiliza algoritmos e uma série de filtros para reconstruir os pixels. Embora seja uma abordagem eficaz, o FSR não consegue igualar o DLSS em termos de qualidade e desempenho, especialmente nas resoluções mais baixas.

Conclusão: DLSS é o Campeão

Com base nos resultados do teste do Hardware Unboxed, fica claro que o DLSS da Nvidia supera o FSR da AMD em quase todos os aspectos, oferecendo uma qualidade de imagem superior e um desempenho notavelmente melhor em resoluções mais baixas, como Quad HD. Embora o FSR tenha seu valor, o DLSS é a escolha preferida para quem busca a melhor experiência de jogo em placas de vídeo Nvidia.

No entanto, é importante lembrar que as preferências e necessidades podem variar de jogador para jogador. Alguns podem preferir o FSR por sua capacidade de funcionar em placas de vídeo AMD e até mesmo em algumas placas Nvidia mais antigas. Além disso, a AMD pode continuar a aprimorar o FSR com atualizações futuras, tornando-o uma opção mais atraente.

Em última análise, a escolha entre DLSS e FSR dependerá das necessidades individuais do jogador, do hardware que possuem e das expectativas em relação ao desempenho e à qualidade gráfica. Independentemente da escolha, a competição entre essas tecnologias só beneficiará os jogadores de PC, uma vez que tanto a Nvidia quanto a AMD continuam a aprimorar e inovar em busca de oferecer a melhor experiência possível.