Seguindo os passos do ChatGPT, da OpenAI, a Baidu também lançou nesta quarta-feira (1°) uma versão paga do seu chatbot, o Ernie Bot. De acordo com informações da Reuters, o produto baseado em inteligência artificial (IA) generativa custará aos usuários chineses aproximadamente 59,9 yuans (R$ 41 na conversão atual). 

O que você precisa saber: 

  • A Baidu lançou oficialmente o Ernie Bot, sua versão do ChatGPT, em março deste ano; 
  • A liberação ao público ocorreu em agosto, sendo o produto de consumo um dos primeiros a receber aprovação do governo da China; 
  • Além da versão paga, o Ernie também já possui uma versão mais potente de IA, semelhante ao GPT-4 da OpenAI;
  • A Baidu não deu mais detalhes sobre o novo plano pago.

Leia mais! 

Apesar das evidentes semelhanças, a Baidu já declarou em outra ocasião que a IA de seu chatbot é superior à do ChatGPT. Segundo a gigante chinesa, o Ernie 3.5 superou o “ChatGPT em pontuações abrangentes de habilidade” e superou o “GPT-4 em vários recursos chineses”

publicidade

O tom sempre desafiador da empresa não é bem uma surpresa, visto que ela é considerada uma das rivais com maior potencial contra a OpenAI — ela foi a primeira grande empresa de tecnologia chinesa a lançar um produto de IA para rivalizar com o ChatGPT. 

Vale lembrar, no entanto, que outras companhias chinesas de tecnologia, como Alibaba e Tencent, também estão nessa disputa pelo melhor produto de IA.  

A Alibaba, por exemplo, anunciou esta semana a atualização de seu modelo de IA, o Tongyi Qianwen, e o lançamento de mais oito tipos de IA específicas para diferentes indústrias. Veja detalhes aqui

A China na corrida da IA 

Na corrida da IA, iniciada pela chegada do chatbot da OpenAI, a China já é dona de 70 lançamentos de LLM (Large Language Model), conforme apontou Robin Li, CEO da Baidu.

O país segue divulgando listas de empresas com aprovação para ampliação da tecnologia — ao contrário de outros países, a China exige que as companhias tech apresentem avaliações de segurança antes de lançarem produtos de IA para o mercado em massa. 

O lançamento de mais chatbots de IA ocorre enquanto o governo da China pressiona para ampliar o uso de tais produtos devido à concorrência com os Estados Unidos.