Dragon Ball, uma das franquias de anime e mangá mais icônicas de todos os tempos, cativou fãs em todo o mundo com suas aventuras cheias de ação, personagens carismáticos e lutas épicas. Criada por Akira Toriyama, a série abrange várias sagas, continuações, spin-offs, filmes e jogos, o que pode deixar qualquer novato na franquia confuso sobre a ordem correta de assistir. Neste guia completo, vamos explicar a melhor maneira de mergulhar no mundo de Goku e seus amigos em busca das esferas do dragão.

Leia também:

O que é Dragon Ball?

Dragon Ball é claramente inspirado na clássica história chinesa da Jornada para o Oeste, mas em Dragon Ball, ela começa com a história de Son Goku, uma criança que aparentemente veio do espaço e é encontrada por um senhor de idade chamado Son Gohan, que a adota e a cria como seu neto.

Goku por sua vez conhece Bulma, uma garota da cidade grande que está em busca de juntar as 7 Esferas do Dragão, que concede um desejo único a quem reuni-las. Por ventura, Goku possui uma dessas esferas e ele se junta a Bulma numa jornada épica em busca dos artefatos.

publicidade

À medida que a história se desenrola, Goku estabelece laços com novos amigos, enfrenta inúmeros inimigos, forma uma família e tem filhos. Ao longo de várias sagas, acompanhamos a evolução do herói até se tornar o guerreiro mais poderoso do universo.

Descobrimos que Goku é um Saiyajin, uma raça guerreira que conquista planetas. No entanto, quando chegou à Terra, ele sofreu uma lesão na cabeça e esqueceu de sua missão original, tornando-se uma pessoa dócil e altruísta, embora ainda apaixonado por lutas. Com o tempo, Goku desenvolve poderes ainda maiores, como a forma de Super Saiyajin, capaz de destruir planetas com um único golpe, o que se torna cada vez mais necessário conforme inimigos mais poderosos sempre surgem.

Imagem de divulgação de Dragon Ball clássico
Imagem: Divulgação

A história de Dragon Ball é na realidade pouco complexa, cativando muito mais pela forma que é contada, mas sendo cada saga basicamente a premissa de um novo e poderoso inimigo que ameaça a existência da Terra e Goku e seus amigos lutando para derrotá-los. As próprias Esferas do Dragão com o tempo se tornaram elementos secundários e não mais o objetivo da aventura.

As sagas de Dragon Ball

A história d Da franquia Dragon Ball está dividida em várias sagas emocionantes, cada uma com seus próprios desafios e reviravoltas. Para começar sua jornada na ordem correta, é importante entender as três séries principais e canônicas, ou seja, que fazem parte oficialmente da cronologia da obra.

  1. Dragon Ball (1986) – Com 153 episódios.
  2. Dragon Ball Z (1989) – Com 291 episódios.
  3. Dragon Ball Super (2015) – Com 131 episódios.

Além disso, Dragon Ball Z conta com uma versão condensada chamada Dragon Ball Kai (2009), que possui 167 episódios e basicamente exclui os episódios fillers do anime, ou seja, aqueles episódios que não estão originalmente no mangá e pouco impactam na história principal, sendo uma boa pedida para novos fãs, ainda que ela seja consideravelmente mais censurada.

Assistindo Dragon Ball na ordem correta

Agora que você já sabe quais 3 séries da franquia Dragon Ball são oficialmente parte da história, aqui está a ordem recomendada para assistir Dragon Ball de acordo com a cronologia das séries principais:

1. Dragon Ball

Nada melhor do que começar pelo começo! A primeira saga de Dragon Ball apresenta a infância e as primeiras aventuras de Goku. Aqui, Goku conhece personagens como Bulma, Mestre Kame, Yamcha e Kuririn. Uma das principais diferenças para as demais sagas, é que essa, apelidada de Dragon Ball Clássico, é muito mais focado na comédia e menos no combate, ainda que ele seja bem presente.

2. Dragon Ball Z

Após concluir Dragon Ball, continue com Dragon Ball Z. Esta série marca a transição de Goku da infância para a idade adulta e apresenta uma abordagem mais séria e épica à história. Essa é sem dúvidas a saga mais popular da história de Goku e seus amigos, além de também ser o ponto a história ficou muito mais focada em combates, deixando mais de lado a comédia presente na saga clássica. Aqui Goku enfrenta ameaças cósmicas capazes de destruir o mundo, como os Saiyajins, Freeza, os Andróides e Majin Buu. Aqui, Goku também atinge a icônica transformação de Super Saiyajin.

3. Dragon Ball Super

Dragon Ball Super é a sequência direta de Dragon Ball Z e introduz novos personagens, como Beerus, o Deus da Destruição, e Whis. A série explora o multiverso e as batalhas entre os guerreiros mais poderosos de diferentes universos. É uma adição emocionante ao cânone de Dragon Ball e eleva ainda mais o que foi apresentando em Dragon Ball Z, agora dando espaço para deuses e criaturas capazes de destruir dimensões.

Spin-offs e outras séries

Além das séries principais, a franquia Dragon Ball também inclui algumas séries que não fazem parte da cronologia oficial, mas que ainda são divertidas de assistir:

Dragon Ball GT

Dragon Ball GT é uma continuação não canônica que segue Goku, a sua neta Pan e Trunks, em uma jornada pelo espaço após Goku ser transformado em criança novamente. Embora não seja considerada parte da história principal, alguns fãs ainda a apreciam e ela adiciona inimigos memoráveis, além de ter apresentado o icônico Super Saiyajin Nível 4, que é para muitos, até hoje o melhor design de transformação de Goku.

Dragon Ball Heroes

Dragon Ball Heroes é uma série promocional baseada em um jogo de arcade. Ela apresenta batalhas épicas e encontros inusitados entre personagens de diferentes períodos de tempo e dimensões. Embora não seja uma parte essencial da história, essa série é muito recomendada para os mais fanáticos pela obra, pois ela conta com episódios mais curtos e apresenta combates, parcerias e fusões que os fãs sempre sonharam em ver.

Filmes de Dragon Ball

Além das séries, a franquia Dragon Ball possui uma série de filmes emocionantes que complementam a história e oferecem aventuras únicas. Alguns deles são completamente fillers, ou seja, não impactam em nada a história, enquanto outros apresenta pequenas partes realmente relevantes e mais recentemente, alguns filmes são completamente canônicos.

Filmes de Dragon Ball (Clássico)

  • Dragon Ball: A Lenda de Shenlong (1986)
  • Dragon Ball: O Castelo do Diabo (1987)
  • Dragon Ball: Uma Aventura Mística (1988)
  • Dragon Ball: Em Busca do Poder (1996)

Filmes de Dragon Ball Z

  • Dragon Ball Z: Devolva-me Gohan (1989)
  • Dragon Ball Z: O Homem Mais Forte do Mundo (1990)
  • Dragon Ball Z: A Árvore do Poder (1990)
  • Dragon Ball Z: Goku, o Super Saiyajin (1991)
  • Dragon Ball Z: A Vingança de Cooler (1991)
  • Dragon Ball Z: O Retorno de Cooler (1992)
  • Dragon Ball Z: O Retorno dos Andróides (1992)
  • Dragon Ball Z: O Poder Invencível (1993)
  • Dragon Ball Z: Batalha Nos Dois Mundos (1993)
  • Dragon Ball Z: A Volta do Guerreiro (1994)
  • Dragon Ball Z: O Combate Final Bio-Broly (1994)
  • Dragon Ball Z: O Renascimento da Fusão (1995)
  • Dragon Ball Z: O Golpe do Dragão (1996)
  • Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses (2013)
  • Dragon Ball Z: O Renascimento de Freeza (2015)

Filmes de Dragon Ball Super

  • Dragon Ball Super: Broly (2018)
  • Dragon Ball Super: Super Hero (2022)

Assistir à franquia Dragon Ball na ordem correta pode ser uma experiência emocionante para os fãs de anime e mangá. Comece com a série original, siga para Dragon Ball Z e termine com Dragon Ball Super para desfrutar da história completa de Goku e seus amigos.

Lembre-se de que os spin-offs e filmes podem ser assistidos a qualquer momento para uma experiência mais ampla e diversificada. Aproveite sua jornada pelo mundo da franquia Dragon Ball e desfrute das inúmeras aventuras e batalhas que esperam por você!