A OpenAI anunciou nesta quarta-feira (10) o lançamento da GPT Store. A loja online venderá os chamados GTPs, chatbots personalizados alimentados por modelos de IA de geração de texto e imagem. 

O que você precisa saber

  • Para acessar a GPT Store, é preciso estar inscrito em um dos planos pagos do ChatGPT (ChatGPT Plus, ChatGPT Enterprise ou o recém-lançado ChatGPT Team para pequenas empresas).
  • A loja está disponível na versão web e no aplicativo móvel do ChatGPT.
  • Conforme o anúncio oficial, há uma variedade de GPTs desenvolvidos tanto por parceiros da empresa como pela comunidade de desenvolvedores.
  • Os usuários podem encontrar na loja os GPTs mais populares ou navegar por categorias como pesquisa, educação e programação.
  • Alguns dos GPTs disponíveis no lançamento incluem um tutor de programação e um designer de conteúdo do Canva. 
Usuários podem encontrar na loja os GPTs mais populares ou navegar por categorias. Imagem: Divulgação/OpenAI

Leia mais:

Os GPTs são construídos usando uma ferramenta da OpenAI, a GPT Builder. Antes de aparecer na loja, os desenvolvedores precisam verificar seus perfis de usuário e enviar os aplicativos para um sistema de revisão para garantir que eles cumpram os termos de uso (usuários também podem denunciar GPTs ofensivos).

No lançamento, os desenvolvedores não poderão cobrar pelos GPTs. Mas a OpenAI planeja lançar um programa de receita ainda no primeiro trimestre.

publicidade

Vale lembrar que a GPT Store foi anunciada no ano passado durante a primeira conferência anual de desenvolvedores da OpenAI, a DevDay. O lançamento marcado para dezembro acabou sendo adiado devido à mudança repentina de liderança que ocorreu em novembro, quando o CEO Sam Altman foi temporariamente forçado a sair da OpenAI pelo conselho da empresa.