O Dolphin Mini é um dos lançamentos aguardados da BYD e pode roubar a coroa de carro elétrico mais barato do Brasil. Segundo informações apuradas pelo jornalista Jorge Morais, do UOL, o irmão mais novo (e menor) do Dolphin já tem data para desembarcar no Brasil.

Como é o Dolphin Mini

  • O Dolphin Mini será vendido nas cores preto, branco, verde e rosé.
  • O “popular elétrico” tem porte parecido com o do Renault Kwid: são 3,78 m de comprimento, 1,71 m de largura e 1,54 m de altura.
  • Em termos de desempenho, o motor elétrico rende o equivalente a 74 cavalos e até 130 km/h de velocidade máxima.
  • A autonomia no ciclo chinês é de até 405 km, número que irá cair após a avaliação oficial do Inmetro.
BYD Seagull
O modelo é vendido na China como BYD Seagull e com duas opções de bateria: 30 kWh ou 38 kWh. Imagem: BYD / Divulgação

Leia mais:

Preço e data de lançamento

O compacto elétrico foi lançado na China por 78.800 yuans — pouco mais de R$ 54 mil na cotação atual sem impostos. Segundo o Uol, o Dolphin Mini chega ao Brasil no dia 26 de fevereiro e deve custar de R$ 105 a R$ 109 mil.

Vale lembrar que o plano era vender o modelo mais próximo ou até abaixo de R$ 100 mil, mas a volta da tributação de elétricos em 2024 impactou no preço.

publicidade

Ainda assim, o modelo deve custar menos que o Caoa Chery iCar. O carro elétrico mais barato do Brasil é comercializado hoje por R$ 119.990

BYD Seagull
Imagem: BYD / Divulgação

O primeiro lote de 2 mil unidades virá importado da China. O modelo também pode entrar para a lista de veículos que serão produzidos pela BYD na planta de Camaçari (BA) — junto com o Dolphin, Song Plus e Yuan Plus.

O preço agressivo visa repetir a mesma receita de sucesso do irmão maior. O Dolphin foi lançado em junho passado e iniciou um movimento de reajustes de preços no mercado automotivo nacional. Como resultado, o hatch da BYD encerrou 2023 como o carro elétrico mais vendido do ano.