A montadora BYD e empresa de açúcar e etanol Raízen anunciaram nesta sexta-feira (02) que se uniram para criar 600 pontos de carregamento de carros elétricos em oito cidades brasileiras. O objetivo é investir e criar infraestrutura para fomentar o mercado elétrico no país, que ainda não deslanchou.

Leia mais:

Acordo entre BYD e Raízen para pontos de carregamento

Juntas, as empresas prometem instalar 600 pontos de recarga rápida da Shell Recharge nos próximas três anos. A Shell é uma das acionistas da Raízen, que busca aumentar sua atuação para 25% nesse mercado.

A previsão é de mais 18 megawatts de potência espalhados por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Salvador e Belém. A energia será fornecida pela Raízen Power, braço de energia elétrica. A escolha das cidades foi feita a partir de previsões de crescimento de mercado e demanda por recarga de carros elétricos.

publicidade

O valor do projeto não foi divulgado.

Seagull via BYD/reprodução
BYD Seagull (Imagem: BYD/Reprodução)

Infraestrutura para carros elétricos

Os pontos de carregamento mostram o investimento da Raízen e da BYD no (ainda pequeno) setor de carros elétricos brasileiros. Para ambas, em entrevista à Reuters, há potencial no mercado.

Veja o que os executivos falaram:

  • Ricardo Mussa, CEO da Raízen, o Brasil tem uma transição energética diferente de outros países, já que tem opções boas de carros híbridos, mas que ela vai acontecer;
  • Alexandre Baldy, conselheiro especial da BYD no Brasil, revelou que o projeto vem em um momento estratégico para a montadora. Isso porque a chinesa compete com a americana Tesla pelo pódio de líder do mercado.
  • Além disso, a BYD tem planos para o Brasil, com uma fábrica, investimentos bilionários e produção prevista para começar este ano.
  • Para Baldy, tudo isso é importante também no aspecto cultural, de mostrar para as pessoas que a montadora escolheu o país para investir.
  • Mussa lembrou que os postos da parceria serão competitivos e que vão apostar na fidelização dos clientes. Por exemplos, proprietários de carros da BYD terão benefícios para usar os carregadores.