As vendas de carros elétricos da BYD, que já vinham em uma crescente no ano passado, seguiram com resultados positivos em janeiro. Segundo relata o site Electrek, a marca vendeu globalmente um total de 105.304 carros elétricos no mês passado, uma alta de 48% em relação aos 71.338 entregues no mesmo mês em 2023.

Leia mais:

O mercado dos veículos elétricos em alta também significou um aumento na produção desses modelos. Foram 114.365 EVs construídos em janeiro, um aumento de 64% em relação ao ano anterior.

Veículos totalmente elétricos da montadora chinesa já estão começando a ultrapassar os seus modelos híbridos. A venda dos híbridos até teve alta, porém com números mais tímidos. Foram 95.715 vendas em janeiro, uma alta de 21% se comparado a 2023, e uma produção de 90.749 unidades, um crescimento de apenas 9%.

publicidade

Fortalecimento da exportação na BYD

  • A BYD se motivou devido a quase 1,6 milhões de unidades de carros elétricos vendidas em 2023, e planeja impulsionar sua atuação no exterior.
  • Só em janeiro, a montadora chegou a um número recorde de exportações, com 36.174 veículos elétricos.
  • Nos últimos três meses de 2023, a BYD alcançou a marca de 526.409 EVs vendidos, superando as 484.507 unidades vendidas da Tesla no mesmo período.
  • A Tesla não divulga números mensais, portanto não podemos comparar dados de janeiro desde ano até que os resultados do primeiro trimestre sejam divulgados.

No entanto, essa concorrência não parece ser o foco da BYD, ao menos é o que comunicou o gerente geral de branding e relações-públicas da empresa, Yunfei Li.

“Não é sobre nós superarmos eles ou eles devem nos superarem”, explicou Li. “Ao invés disso, a BYD e a Tesla precisam trabalhar juntas para que a parcela de veículos elétricos no mercado siga crescendo”, concluiu.