O Governo Federal anunciou junto ao Governo do Estado de São Paulo nesta sexta-feira (2) a construção do túnel subaquático que vai ligar as cidades de Santos e Guarujá, no litoral paulista. Um dos principais detalhes da obra é justamente seu caráter inovador e tecnológico, já que o túnel de 850 metros será o primeiro do tipo na América Latina.

O que você precisa saber?

  • Litoral de SP vai ter um túnel subaquático de 850 metros;
  • Ligando Santos e Guarujá, com mais de 21 metros de profundidade;
  • Passando por baixo do canal do Porto de Santos, o túnel vai receber carros, ciclistas, pedestres e VLT.

Contando com três faixas em cada sentido, sendo uma adaptada para o Veículo Leve Sob Trilhos (VLT), o túnel vai contar ainda com passagem para pedestres e ciclovia. No total, a construção vai ter 1,5 km, contanto com o túnel de 850 metros de extensão.

Túnel terá ciclovia e passagem de pedestres (Imagem: Divulgação)

Túnel vai ser construído a 21 metros de profundidade 

Um desafio da obra é sua profundidade. Como vai passar por baixo do canal do Porto de Santos, o túnel vai ter uma profundidade mínima de 21 metros. Para viabilizar isso, serão construídos seis módulos pré-moldados com concreto armado, que vão precisar ser transportados até o local. Isso tudo sem interromper o fluxo de navios no porto de santos.

Leia mais:

publicidade
Túnel terá 3 faixas em cada sentido (Imagem: Divulgação)

De acordo com a nota divulgada pelo Governo de SP, o túnel vai reduzir o tempo de deslocamento entre as duas cidades em cerca de 50 minutos, desafogar a Rodovia Cônego Domênico Rangoni (SP-055) e liberar o canal do porto para uso prioritário de navios de carga e de passageiros.

Apesar do anúncio ter vindo agora, essa obra já é discutida há cerca de 100 anos e passou por inúmeras reformulações ao longo do tempo. A construção será resultado de uma parceria público-privada (PPP) e tem custo estimado em R$ 5,9 bilhões.