A Mercedes-Benz anunciou na terça-feira (6) que está lançando seu primeiro negócio de aluguel de caminhões no Brasil, conforme relatou a Reuters. Segundo a empresa, o passo vem como uma estratégia, já que mercado de locação de veículos está em expansão no país, visto os altos preços dos veículos pesados. 

O que você precisa saber: 

  • Conforme a Mercedes, o aluguel para alguns clientes será uma opção mais acessível; 
  • O lançamento do serviço chega após previsão da empresa sobre uma economia mais lenta em 2024 devido as altas taxas de juros e as regras mais rígidas de emissões de poluentes — o que elevou os preços de caminhões em vários mercados; 
  • O plano é, inicialmente, alugar 100 caminhões, chegando aos 200 até o final do ano; 
  • A missão exigirá um investimento de R$ 200 milhões. 

Leia mais! 

Vale lembrar que a Mercedes-Benz Group já possui um banco e uma corretora de seguros no Brasil. O grupo alemão produz caminhões e ônibus que, no Brasil, competirá diretamente com a fabricante de caminhões VWCO, da Volkswagen. 

publicidade

Além da VW, a companhia deve ter ainda outras rivais locais, como a Vamos Caminhões, Localiza Pesados, Volvo e Scania. 

Cristina Rensi, diretora de novos negócios da Daimler Trucks no Brasil (dona da marca Mercedes-Benz), destacou que 6,5% dos caminhões novos registrados no Brasil em 2022 foram para locação. Neste cenário, a participação da Mercedes no país subiu para cerca de 10% em 2023, e a previsão da empresa para 2024 está entre 14% e 15%. 

Mercedes-Benz eletrificando 

Apesar dos percalços com as novas regras de emissão de gases, a Mercedes-Benz não tem, claro, deixado de investir em novas tendências em prol do meio ambiente (e mercado). No final do ano passado, por exemplo, ela revelou o eActros 600, nova geração de caminhão elétrico para longos percursos. Veja mais aqui