Que a Microsoft quer incorporar a inteligência artificial do Copilot à maior quantidade possível de aplicativos do Windows, não é novidade. E, agora, um dos softwares mais icônicos do sistema operacional também vai ganhar poderes de IA: trata-se do Bloco de Notas.

O aplicativo mais básico de texto do Windows ganhou novidades nos últimos anos, incluindo abas e um modo escuro. Agora, em versões de testes do sistema operacional, o Bloco de Notas começou a ganhar recursos vinculados à IA Copilot.

Leia mais:

Como o Copilot vai funcionar no Bloco de Notas

Pelo que pode ser visto na versão mais recente de testes do Windows 11, o Copilot vai ser incorporado ao Bloco de Notas para ajudar a explicar o texto que foi digitado nele.

publicidade

Funciona assim: o usuário destaca uma frase qualquer, clica com o botão direito do mouse, e seleciona a opção “Explicar com o Copilot”.

Copilot no Bloco de Notas do Windows 11
Imagem: Divulgação/Microsoft

A partir daí, a IA do Windows passa a interpretar o que está escrito — a Microsoft afirma que o recurso deve ajudar principalmente a detalhar arquivos de registros e segmentos de códigos.

Por enquanto, a novidade é restrita às versões de testes do Windows 11, mas a expectativa é de que a Microsoft libere o recurso para todos os usuários em alguma das futuras atualizações do sistema operacional.