A Nvidia prepara um chatbot com inteligência artificial que roda localmente no seu PC — chamado Chat with RTX, ele será exclusivo para consumidores de placas de vídeo da fabricante e fornecerá informações valiosas a respeito dos arquivos armazenados no seu computador.

O Chat with RTX foi lançado em versão de demonstração e roda em PCs com as placas RTX série 30 ou 40, com ao menos 8 GB de VRAM — não é para qualquer um, portanto. Ele ainda ocupa cerca de 40 GB (!) quando instalado no PC.

Leia mais:

Em vez de lidar com um banco de dados com informações de toda a web, como faz o ChatGPT, por exemplo, o Chat with RTX usa arquivos do seu computador. Ele pode sumarizar grandes quantidades de documentos e certamente ajudará profissionais que lidam com grandes quantidades de informação e precisam filtrá-las de alguma maneira.

publicidade
Chat with RTX, chatbot da Nvidia
Chat with RTX. Imagem: Divulgação/Nvidia

O chatbot também consegue acessar vídeos do YouTube — o usuário digita o endereço de um vídeo para receber uma transcrição do conteúdo.

Chat with RTX: interessante, mas ainda limitado

Em seu estado atual, o Chat with RTX ainda tem grandes limitações. O jornalista Tom Warren, do site The Verge, testou o chatbot, e, entre os problemas encontrados, ele cita a incapacidade de lembrar contexto — ou seja, ele não consegue lidar com réplicas, já que não lembra a pergunta anterior.

Assim, em vez de uma conversa como em outros chatbots, a experiência do Chat with RTX é mais parecida com uma busca na web, no momento.

Como se trata de um processo em andamento, o chatbot deve receber atualizações e ficar mais potente no futuro, quando ele poderá ser muito útil para profissionais e pesquisadores que trabalham com grandes quantidades de informações armazenadas no próprio computador.