Depois de informações de que a Apple estava negociando com o Google a inclusão do Gemini no iOS 18, mas que não entrou em acordo com a rival, a empresa da maçã estaria, agora, conversando com a chinesa Baidu para ter ferramentas de inteligência artificial (IA) generativa em seus aparelhos. Ela também estaria dialogando com a OpenAI.

De acordo com o 9to5Mac, nesta sexta-feira (22), o The New York Times pontuou que as conversas com a Baidu podem, muito bem, serem para conquistar os usuários chineses, uma vez que as leis locais requerem que os modelos devam ser aprovados pelos órgãos reguladores antes de serem colocados no mercado.

Leia mais:

Baidu no iOS 18?

  • Até agora, o órgão regulador da China tem 40 modelos de IA aprovados, incluindo o da Baidu, o Ernie Bot;
  • Em contrapartida, o Gemini não está nessa lista; o “Grande Firewall da China bloqueia o acesso à Pesquisa do Google, e a empresa sequer tem presença no país asiático. O mesmo vale para a OpenAI;
  • Porém, até o momento, a Apple não deve ter finalizado acordo com nenhuma empresa para ter IA generativa em seus dispositivos.

Mesmo assim, as conversas seguem em andamento, com um acordo sendo fechado até a WWDC deste ano, a ser realizada em junho. Espera-se que o iOS 18 ofereça vários recursos de IA, com algumas ferramentas sendo rodadas no próprio iPhone, enquanto outras terão ajuda da nuvem.

publicidade

Se a empresa da maçã manter sua tradição, o iOS 18 será anunciado em junho, com o beta para desenvolvedores sendo testado durante o segundo semestre. Em setembro, ele deverá estar disponível gratuitamente para todos os usuários de iPhone e pré-instalado no futuro iPhone 16.